Header Ads

>

Brasil vence Argentina e está na semifinal do vôlei masculino




 A seleção brasileira masculina de vôlei garantiu a sua vaga nas semifinais dos Jogos Pan-Americanos de Toronto ao vencer a Argentina por 3 sets a 0 nesta terça-feira (21)
A Argentina era líder do grupo A com duas vitórias. Já o Brasil vinha de uma derrota para Cuba e entrava em quadra pressionado. Mas o que se viu foi uma seleção tranquila e dominando as ações durante toda a partida. A vitória veio fácil, por 3 sets a 0, nesta terça-feira, com parciais de 29/27, 25/21 e 25/22. Com isso, o Brasil encerra a primeira fase de grupos em primeiro lugar do Grupo A e se classifica direto para as semifinais. A seleção aguarda ainda a definição do adversário. Até aqui, além da vitória sobre a Argentina, o Brasil passou pela Colômbia por 3 a 0 (26/16, 25/13 e 25/16) e perdeu para a rival Cuba por 3 a 2 (20/25, 25/18, 23/25, 25/22 e 11/15).
Por causa das finais da Liga Mundial, em que o Brasil acabou eliminado antes das semifinais, Bernardinho optou por não enviar a seleção principal para a disputa dos Jogos Pan-Americanos.  O Brasil está em Toronto com os levantadores Thiaguinho e Murilo Radke, os centrais Maurício Souza, Flávio e Otávio, os opostos Renan e Rafael Araújo, os pontas João Rafael, Kadu, Douglas Souza e Maurício Borges e líbero Tiago Brendle.
O primeiro set foi muito equilibrado. As duas seleções se alternavam no placar, sem nenhuma conseguir abrir mais do que dois pontos de vantagem. Quando Gonzalez errou um ataque, o Brasil teve o set point em 24 a 23. Mas na jogada seguinte, a Argentina conseguiu virar com uma largada de De Cecco. A partida seguiu lá e cá. O Brasil tinha em Maurício Souza e Renan bolas de segurança. A torcida brasileira, a maioria no ginásio, apoiava a seleção. E finalmente quando João Rafael acertou um ace, o Brasil fechou o primeiro set em 29 a 27.
No segundo set, nada mudou. A partida seguiu muito equilibrada sem nenhuma seleção conseguir se desgarrar no placar. No primeiro tempo técnico, o Brasil vencia por 8 a 7. Após o tempo técnico, o Brasil acertou o bloqueio e passou a dominar a partida. Abriu 14 a 10. E a partir daí foi só administrando, sem deixar a Argentina encostar até o final do set. Em um saque para fora de De Cecco, o Brasil fechou o segundo set por 25 a 21.
No terceiro set, a Argentina voltou mais forte e errando muito pouco. Além disso, passou a forçar mais o saque, o que dificultava o passe brasileiro. Com isso, abriu uma vantagem de três pontos no início do set. No segundo tempo técnico, vencia por 16 a 13. O Brasil voltou mais agressivo depois da parada. E conseguiu empatar em 19 a 19. E em seguida virou para 20 a 19 após um erro de ataque de Conte. Era o sinal de que os rivais haviam perdido o controle. O Brasil abriu. E fechou o terceiro set em 25 a 22.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.