Header Ads

>

Cuba supera Brasil em jogo eletrizante em Toronto




 Foto: William Lucas / Inovafoto/CBV


Com uma equipe repleta de jogadores jovens e na primeira competição internacional , a Seleção Brasileira perdeu o primeiro jogo pelo Grupo A do vôlei masculino nos Jogos Pan-Americanos de Toronto . Neste domingo, a equipe comandada por Mauricio Paes não resistiu e foi batida por 3 sets a 2 para Cuba, com parciais de 25/20, 18/25, 25/23 e 22/25 e 15/11, em partida realizada no Exhibition Center.
Para a competição em Toronto, o técnico Bernardinho decidiu enviar um time reserva para se concentrar na Liga Mundial. Porém, o Brasil acabou eliminado de forma surpreendente antes da semifinal , para frustração da torcida que comprou os ingressos para acompanhar as partidas decisivas no Maracanãzinho. Por sua vez, Cuba, do técnico Rodolfo Sanchez, levou  os principais jogadores para a competição.
No primeiro set, os cubanos dominaram desde o início e apostaram nos erros de recepção, aliados a um bloqueio eficiente, para vencerem com facilidade. No segundo, os brasileiros reagiram, pois conseguiram forçar o saque e provocar erros na recepção cubana. Além disso, os contra-ataques brasileiros foram muito eficientes.
Sem conquistar o ouro no vôlei masculino desde Winnipeg 1999, os cubanos abriram vantagem no início do terceiro set. Comandados pelo levantador Murilo, o Brasil reagiu e conseguiu empatar no terço final, porém, em um bloqueio do camisa 16 Luis Sosa, a Seleção perdeu a parcial por 25/23 e também a cabeça.
No quarto set, fragilizado com a derrota no anterior, o Brasil permitiu que os cubanos abrissem mais de seis pontos logo no início e parecia que o jogo estava decidido, mas o treinador brasileiro decidiu trocar o levantador Murilo por Thiago Veloso. E a troca funcionou, pois os brasileiros reagiram e começaram a parar os caribenhos no bloqueio, virando a partida para levar o jogo ao tie-break.
No decisivo set, os cubanos e os brasileiros ficaram equilibrados no placar. A partir do décimo ponto, a experiência dos caribenhos funcionou mais, abrindo vantagem com defesas e bloqueiros para fechar a partida em 3 sets a 2. O maior pontuador do jogo foi o cubano Javier Jimenez, com 26 acertos, e entre os brasileiros foi o gigante Renan, de 2,17 m, com 18.
Os brasileiros têm outro clássico, na terça, para fechar a participação na primeira fase. Encaram os argentinos às 14h30 (de Brasília).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.