Header Ads

>

Saiba mais sobre adversários do Brasil nas finais da Liga Mundial 2015




Matt Anderson Estados Unidos liga mundial vôlei (Foto: Divulgação / FIVB)

Atuais campeões da Liga Mundial, os Estados Unidos tentam se recuperar do fim de temporada ruim que tiveram no ano passado. Cotada para ocupar um lugar no pódio, a equipe caiu na segunda fase do Mundial da Polônia. Em 2015, não tem dado chances para os adversários. Dos 12 jogos que fez no forte Grupo B, só perdeu dois: um para os iranianos e outro para os poloneses. Venceu quatro vezes a Rússia, três o Irã e três a Polônia. O time tem mostrado consistência e conta com ponteiro/oposto Matt Anderson - que em outubro resolveu dar um tempo na carreira para vencer a depressão -, em ótima fase.

Kurek Polônia liga mundial vôlei (Foto: Divulgação / FIVB)

A Polônia ganhou o reforço de seu craque. Cortado por Stephane Antiga às vésperas do Mundial, Bartosz Kurek ganhou nova chance do técnico e tem correspondido. Mesmo se adaptando à nova função (agora como oposto) foi o maior pontuador da primeira fase da Liga com 207 acertos. Pawel Zatorski e Michal Kubiak estão no alto das estatísticas como melhores defensores. Para garantir lugar entre os seis que disputarão o título, o time só pôde respirar aliviado na última rodada, após o primeiro confronto contra os americanos. Saiu perdendo, provocou o tie-break e venceu. O Irã já não tinha mais como alcançá-los. Outra força que deu adeus ao torneio foi a Rússia. A atual campeã olímpica sofreu 11 derrotas seguidas até garantir a única vitória. O técnico Andrey Voronkov pediu demissão após o 10º revés. Vladmir Alekno retorna ao comando. Pelo atual formato, o país perde seu lugar na divisão de elite. 

Segunda colocada na chave do Brasil, a Sérvia foi mostrando força com o passar dos jogos. O jovem time comandado por Nikola Grbic arrancou uma vitória sobre a seleção e passou três vezes pelos italianos. Já os pupilos de Mauro Berruto foram os que conseguiram impor dois reveses aos brasileiros. O tradicional rival corre contra o tempo para recuperar uma de suas principais peças, o ponteiro Filippo Lanza, que sofreu uma entorse no tornozelo na última partida.

O último classificado sairá de um quadrangular que será realizado na cidade de Varna, no período de 10 a 12 de julho, válido pela Segunda Divisão da competição. Bulgária (país-sede), França, Argentina e Bélgica decidem o título. Os franceses, que ficaram em quarto lugar no Mundial, não sofreram nenhum revés em 12 partidas na chave que dividia com Japão, República Tcheca e Coreia do Sul. Já os búlgaros, tiveram a melhor campanha do outro grupo (que ainda contava com argentinos, canadenses e cubanos), com oito triunfos. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.