Header Ads

>

Vôlei de praia brasileiro já tem 4 duplas nas oitavas em Gstaad




 Na retomada do Circuito Mundial de Vôlei de Praia após o Campeonato Mundial, as duplas femininas brasileiras seguem soberanas. Nesta quinta-feira, no Grand Slam de Gstaad (Suíça), foram mais quatro vitórias em cinco jogos e todos os times avançando. Quatro deles, os mesmos que participaram do Mundial, já estão nas oitavas de final. Maria Clara/Carol tem que jogar repescagem.
Três duplas brasileiras estão invictas. Campeãs mundiais, Ágatha e Bárbara Seixas ganharam de Wang/Yue (China) por 2 a 0 (22/20 e 21/12). As medalhistas de prata na Holanda, Fernanda Berti e Taiana, contaram com uma lesão no time adversário para vencer Holtwick/Semmler (Alemanha).


Larissa e Talita
se recuperam depois de serem eliminadas nas oitavas de final do Mundial e venceram a terceira em Gstaad, desta vez superando Fendrick/Sweat, dos EUA, por 2 a 0, parciais de 21/9 e 21/16. Já Juliana e Maria Elisa foram às oitavas de final mesmo com a derrota por 2 a 1 (21/19, 17/21 e 15/8) para Bawden/Clancy, da Austrália.
O único time brasileiro que vai ter que jogar repescagem na sexta-feira é Maria Clara/Carol. As irmãs cariocas, que haviam perdido dois jogos na quarta, se recuperaram vencendo Ma/Xia, da China, por 2 a 0 (21/17 e 21/16), e passaram em terceiro no Grupo A, o mesmo de Larissa/Talita.
A sexta-feira em Gstaad prevê três rodadas para a chave feminina: repescagem, oitavas e quartas de final. Maria Clara/Carol jogam contra Forrer/Vergé-Dépré (Suíça) e se avançarem enfrentam Walsh/Ross. As demais duplas brasileiras estão cada uma em uma chave, podendo fazer uma semifinal 100% nacional.
O Grand Slam de Gstaad é o quinto evento válido para a corrida olímpica brasileira. A CBV vai convocar os campeões da corrida no masculino e no feminino, dando a prioridade na vaga para o segundo time do ranking. Depois de Gstaad os jogadores descansam uma semana, jogam em Yokohama (Japão), folgam mais duas semanas, e depois encaram uma sequência decisiva em Long Beach (EUA), Olsztyn (Polônia) e Rio.
MASCULINO

Entre os homens, os primeiros jogos da fase de grupos foram realizados nesta quinta-feira. O Brasil tem apenas três times em Gstaad, porque Álvaro Filho/Vitor Felipe, que é a quarta dupla do País, optou por participar dos Jogos Pan-Americanos.
Nesta quinta-feira, foram seis jogos e cinco vitórias. Campeões mundiais, Alison e Bruno Schmidt estão invictos em Gstaad. Superaram Losiak/Kantor (Polônia) por 2 a 0 (21/19 e 21/15) e Horrem/Eithun (Noruega), também em sets diretos (21/18 e 21/15).
Ricardo e Emanuel tiveram trabalho contra Fañe/Henriquez (Venezuela), vencendo por 2 a 1 (21/12, 25/27 e 15/11), e depois superaram os irmãos Ingrosso, da Itália, por 2 a 0 (21/19 e 21/18).
Já Pedro Solberg e Evandro tiveram um dia irregular. Penaram para passar por Kovatsch/Kissling (Suíça) por 2 a 1 (17/21, 21/14 e 15/10) e depois perderam de Binstock/Schachter (Canadá), também por 2 a 1 (22/24, 26/24 e 15/11). Na sexta, estão previstas a última rodada da fase de grupos, a repescagem e as oitavas de final.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.