Header Ads

>

Alison/Bruno Schmidt garante vaga olímpica no vôlei de praia





Alison e Bruno Schmidt garantiram neste sábado vaga para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. A dupla brasileira avançou para a semifinal do Grand Slam de Olsztyn, na Polônia, uma das etapas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, e não pode mais ser alcançada por outro time do País na corrida olímpica.
"É meu primeiro ciclo olímpico e, ao lado de um parceiro experiente e que tem muita vontade, um guerreiro dentro de quadra. Não é à toa que estamos numa situação em que está gostoso jogar. A gente está de parabéns mesmo, hoje é um dia muito especial. Estamos mais maduros, jogando com mais paciência e confiança", afirmou Bruno.
Alison disputará pela segunda vez uma Olimpíada - em Londres-2012, ele ficou com a medalha de prata em dupla formada com Emanuel. "Não tenho palavras, estou muito feliz de ter voltado aos Jogos Olímpicos. Muita gente não acreditou, mas muita gente também esteve ao meu lado", declarou.
A disputa nacional pela vaga na Olimpíada acontece nos nove principais eventos do Circuito Mundial (cinco Grand Slams, três Major Series e Open do Rio). As duplas têm direito de descartar os dois piores resultados. Com a vitória neste sábado, Alison e Bruno somarão ao menos 4.600 pontos, ou 3.880, levando em considerações os descartes dos desempenhos mais fracos até aqui.
Evandro e Pedro Solberg, que estão em segundo lugar, têm atualmente 3.200 pontos descartando dois resultados ruins e não alcançam mais o primeiro lugar, pois foram eliminados neste sábado nas oitavas de final. Ainda há uma vaga para o torneio masculino de vôlei de praia da Olimpíada, que será definida por meio de convocação da Confederação Brasileira de Vôlei em janeiro do próximo ano.
Para garantir a vaga, Alison e Bruno derrotaram nas oitavas de final, os espanhóis Pablo Herrera e Adrián Gavira por 25/23 e 21/19, em 45 minutos. Nas quartas, venceram por 2 sets a 0 (21/12, e 21/19) a dupla da Letônia, Aleksandrs Samoilovs e Janis Smedins, em 33 minutos de partida.
Nas semifinais, vão encarar os canadenses Chaim Schalk e Ben Saxton, que eliminaram a experiente dupla brasileira Ricardo e Emanuel, de virada, por 2 sets 1 (21/23, 21/19 e 15/13), em 52 minutos, nas oitavas de final. Pedro Solberg e Evandro também se despediram da competição nas oitavas de final, com derrota para os alemães Jonathan Erdmann e Kay Matysik por 2 sets a 0 (21/18 e 21/18), em 38 minutos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.