Header Ads

>

Brasil Kirin derrota São José e está na final da Copa São Paulo




 Brasil Kirin vence São José dos Campos

Não faltou emoção, equilíbrio e bom voleibol no primeiro jogo do Vôlei Brasil Kirin na temporada. Com grande apoio da torcida e jogo coletivo forte, os comandados do técnico Alexandre Stanzioni derrotaram o São José dos Campos, por 3 a 2 (25/21; 24/26; 23/25; 30/28 e 15/10), no Ginásio do Taquaral, em Campinas, e carimbaram vaga para a final da Copa São Paulo.

"Foi um grande jogo, mas o mais importante foi o espírito de união e coletividade que a equipe mostrou. Quando precisou, todo mundo apareceu e contribuiu. Tivemos momentos de dificuldades, ninguém desistiu, eles passaram muito bem por cima dos erros quando foi preciso e conseguimos buscar essa classificação", comentou técnico Alexandre Stanzioni.

Desfalcado de atletas servindo a Seleção Brasileira e Argentina, o Vôlei Brasil Kirin usou jogadores das categorias de base no duelo. O central Babu, o oposto Zé e o levantador André entraram no jogo. O ponta Pedro, por sua vez, começou como titular no quarto set e ajudou o time campineiro na recuperação. O camisa 2 foi bem no fundo de quadra e acertou bloqueios importantes, inclusive no tiebreak.

O bom público que compareceu ao Ginásio do Taquaral viu um primeiro set bastante equilibrado. O nervosismo e o frio na barriga, típicos de início de temporada, pesaram no início e as as duas equipes começaram o jogo errando. O set foi passando, o Vôlei Brasil Kirin conseguiu colocar as coisas no lugar e logo assumiu a frente do marcador.

Michael encaixou boa sequência de saques e os campineiros foram para a segunda parada técnica na frente (16 a 12). Os donos da casa foram eficiente na saída de bola e levaram o primeiro set. Na segunda parcial, os comandados do técnico Alexandre Stanzioni perderam a concentração e permitiram a reação do adversário.

Na reta final do set, o Vôlei Brasil Kirin se recuperou e conseguiu passar a frente do placar, depois de estar perdendo por mais de cinco pontos, em lance de esperteza do levantador Jotinha. Mesmo com o Taquaral inflamado pela reação, o time campineiro errou quando não podia e permitiu o empate.

O terceiro set voltou a ser equilibrado. Os dois times trocaram pontos do início ao fim e se revezavam na frente do placar. Assim como na segunda parcial, os campineiros precisaram buscar uma desvantagem de três pontos, mas perderam a concentração na reta final e acabaram deixando a virada.

A quarta parcial começou com o Vôlei Brasil Kirin imprimindo um ritmo forte de bloqueio. Vini e Ygor Ceará, uma das novidades da temporada, fecharam as portas para o ataque adversário e logo os donos da casa abriram boa vantagem (10 a 6). Os visitantes conseguiram equilibrar com o passar do set e despejaram emoção no jogo. Nos pontos finais, os campineiros tiveram sangue frio e em bloqueio simples de Wallace forçaram o tiebreak.

No set decisivo, a experiência do oposto Wallace e a juventude do ponta Pedro, formado nas categorias de base do time campineiro, que veio do banco de reservas, fizeram a diferença. Eles apareceram em momentos importantes e confirmaram a vitória do Vôlei Brasil Kirin por 3 a 2.

Em busca do bicampeonato, o time campineiro enfrentará o Taubaté na decisão, no ginásio do Abaeté em Taubaté. A partida está marcada para o próximo sábado, a principio às 19 horas, mas o horário pode sofrer alteração.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.