Header Ads

>

Brasil começa evento-teste do vôlei de praia com dez vitórias no Rio de Janeiro






Larissa e Talita avançaram no Major Series de Porec
O Brasil largou bem no Aberto do Rio de Janeiro, etapa brasileira do Circuito Mundial de vôlei de praia, que serve como evento-teste para os Jogos Olímpicos de 2016. Nessa quinta-feira, as duplas nacionais conquistaram dez vitórias, sendo seis delas no feminino e quatro no masculino, com seis derrotas justamente em duelos caseiros. As partidas da fase de grupos seguem nesta sexta-feira, quando cada conjunto disputará ao menos mais dois jogos pela chave.
Primeira dupla brasileira a se apresentar na quadra montada na Praia de Copacabana, local onde será disputado o torneio de vôlei de praia nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Larissa e Talita, que já estão classificadas ao maior evento esportivo do mundo, venceram as compatriotas Ângela e Rachel Nunes por 2 sets a 0, com um duplo 21/8.
Na sequência, as atuais campeãs mundiais Ágatha e Bárbara Seixas superaram as cariocas Pauline e Paula Hoffmann por 21/11 e 21/9. Juliana/Maria Elias bateu Ana Patrícia e Renata por 21/16 e 21/12, enquanto Fernanda Berti e Taiana venceram Josi/Val por 21/18 e 21/17.
Nos jogos do período da noite, mais dois triunfos para o Brasil. Elize Maia e Duda derrotaram as espanholas Liliana Fernández e Elsa Baquerizo, de virada, por 19/21, 21/19 e 15/12. Já as irmãs cariocas Maria Clara e Carolina fizeram 2 sets a 0 (21/15 e 21/10) em cima de Katharina Schutzenhofer e Lena Plesiutschnig.
Masculino
Atuais campeões mundiais e já garantidos no Rio 2016, Alison e Bruno Schmidt estrearam com vitória tranquila sobre os compatriotas Márcio Araújo e Luciano por 21/13 e 21/14. Pelo Grupo B, os cariocas Pedro Solberg e Evandro triunfaram sobre Pedro Cunha e Allison Francioni por 21/11 e 21/19.
Em mais um confronto caseiro, mas pelo Grupo E, os campeões olímpicos Ricardo e Emanuel bateram Ramon Gomes e Lipe em sets diretos, parciais de 21/14 e 21/13. Guto/Saymon também começou bem o Aberto do Rio de Janeiro ao derrotar os poloneses Michal Kadziola e Jakub Szalankiewicz por 21/11, 18/21 e 15/11.
Já Bruno/Hevaldo e Daniel Souza/Marcus foram surpreendidos pelos alemães Lars Fluggen/Markus Bockermann (21/18 e 25/23) e Bartosz Losiak/Piotr Cantor (21/18, 17/21 e 15/11), da Polônia, respectivamente.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.