Header Ads

>

Brasil estreia com vitória sobre o Uruguai




A seleção brasileira feminina de vôlei começou com vitória a luta pelo 19º título Sul-Americano, sendo o 11º consecutivo. Nesta terça-feira (29.09), o Brasil não deu chance para o Uruguai e venceu por 3 sets a 0 (25/14, 25/11 e 25/15), em 1h05 de jogo, em Cartagena, na Colômbia.
265327_544964_brasil_x_uruguai_2

O time verde e amarelo voltará à quadra às 11h (Horário de Brasília) desta quarta-feira (30.09) contra o Chile. A partida terá transmissão ao vivo do site http://www.voleysur.org. O jogo, que começaria às 15h, teve o horário alterado pela Confederação Sul-Americana de Voleibol.

A ponteira Gabi foi a maior pontuadora na vitória do time verde e amarelo, com 12 acertos. A atacante Natália contribuiu, com oito pontos, e a central Juciely, com sete. Pelo lado do Uruguai, a oposto Neves foi quem mais marcou, com nove acertos.

Ao final do jogo a jovem atacante Gabi, de 21 anos, comentou sobre a atuação das brasileiras na vitória sobre o Uruguai.

"Foi uma boa partida para nós. Estávamos preocupadas com o nosso ritmo de jogo e conseguimos nos apresentar bem. Essas partidas serão importantes para irmos nos ajustando como equipe, já pensando no próximo ano. Nós sacamos muito bem e isso facilitou o nosso bloqueio e a defesa. Temos que seguir evoluindo a cada partida", afirmou Gabi.

O treinador José Roberto Guimarães aprovou a partida das brasileiras e destacou a concentração do time verde e amarelo.

"Fizemos um bom jogo. A partida foi importante para nos adaptarmos ao calor que faz aqui em Cartagena. Todas as jogadoras puderam participar da partida o que foi positivo para a sequência do trabalho", analisou José Roberto Guimarães.

As brasileiras estão no grupo B ao lado da Argentina, do Chile e do Uruguai. A outra chave é composta por Colômbia, Peru, Venezuela e Paraguai. No Sul-Americano, as seleções se enfrentarão dentro dos seus respectivos grupos e as duas mais bem classificadas passarão às semifinais.

No primeiro jogo do dia pelo grupo das brasileiras, a Argentina venceu o Chile por 3 sets a 0. Na chave A, o Peru passou pela Venezuela por 3 sets a 2 e a Colômbia superou o Paraguai por 3 sets a 0.

O Brasil começou a partida com a levantadora Dani Lins, Sheilla, Natália, Gabi, Fabiana e Juciely. Líbero – Camila Brait. Entraram durante o jogo a levantadora Roberta, a oposto Monique, as ponteiras Mari Paraíba e Fernanda Garay, as centrais Carol e Adenízia e a líbero Léia.

O JOGO

O Brasil começou o jogo sem dar chances ao Uruguai e fez 7/4. Com um ace da ponteira Gabi, o time verde e amarelo foi para o primeiro tempo técnico vencendo por 16/9. Numa bola rápida da central Juciely, a diferença no marcador subiu para nove pontos (22/13). O Brasil seguiu melhor até o final e venceu o primeiro set por 25/14.

As brasileiras começaram o segundo set com um ace da levantadora Dani Lins. A ponteira Gabi se destacou nos ataques pela ponta e o time verde e amarelo fez 6/1. Com um ataque rápido da central Fabiana, o Brasil aumentou a diferença no marcador para oito pontos (11/3). O time verde e amarelo foi para o segundo tempo técnico vencendo por 16/6. Bem no saque e nos contra-ataques, as brasileiras levaram a melhor no segundo set por 25/11.

O Brasil veio para o terceiro set com uma formação diferente, com a levantadora Roberta, a oposto Monique, as ponteiras Mari Paraíba e Gabi, as centrais Carol e Adenízia e a líbero Léia. A terceira parcial começou equilibrada e o time verde e amarelo foi para o primeiro tempo técnico com um de vantagem (8/7). A partir da primeira parada técnica, o time verde e amarelo voltou a ditar o ritmo da partida e venceu o set por 25/15 e o jogo por 3 sets a 0.

TABELA E JOGOS DO BRASIL

Grupo A

Colômbia
Peru
Venezuela
Paraguai

Grupo B

Brasil
Argentina
Chile
Uruguai

Jogos do Brasil:

(29.09) – Brasil 3 x 0 Uruguai (25/14, 25/11 e 25/15)
(30.09) – Brasil x Chile, às 11h (Horário de Brasília)
(01.10) – Brasil x Argentina, às 19h (Horário de Brasília)

Fonte: CBV

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.