Header Ads

>

Courtney Thompson é a aposta de Bernardinho na Superliga





O rostinho bonito, de sorriso tímido, esconde um talento adorável. Courtney Thompson chegou ao time do Rexona-Ades com a promessa de deixar o torcedor de queixo caído pela graça e pela disposição a serviço da rede do time do Rio de Janeiro. A levantadora americana foi apresentada na quinta-feira como reforço para a temporada 2015/16 da Superliga de vôlei e já arrancou elogios do técnico Bernardinho. O comprometimento na busca pelo 11º título nacional da equipe foi algo que contagiou logo de início. 'Carioca' de primeira viagem, a beldade já se sente em casa e não vê a hora de ser turista pela cidade.

"Não tive oportunidade de visitar os pontos turísticos do Rio. Sempre que vinha aqui era para competir e acabei não conhecendo muito bem a cidade. Sei que é um lugar lindo, eu amo competir aqui. A comida é ótima e o clima é maravilhoso. Não sei qual vai ser o lugar que vou visitar primeiro, mas estou ansiosa. Vou deixar meu time decidir por mim e me levar", afirma Thompson, sorridente.

Aos 30 anos — com rosto de 20 —, a jogadora da seleção dos EUA se encantou com o projeto de jogar no Rio com algumas das melhores do mundo, aceitou uma redução salarial drástica e encarou o desafio de substituir Fofão, que se aposentou recentemente. Desafios fazem parte da vida dessa vice-campeã olímpica (2012) e campeã mundial no ano passado.

"Ela (Fofão) foi a melhor na nossa posição por muito tempo. Foi uma das melhores do mundo quando era jovem e eu nunca vou me comparar com ela. A . Vou apenas pegar a oportunidade e dar o meu melhor pelo time", elogia.




O idioma, porém, ainda é entrave. Sem entender o português, a americana conta com o auxílio das 'tradutoras' Fabi e Natália e compensa com disposição. Mal chegou à cidade, não quis saber de descanso e pediu para treinar. A atitude rendeu elogios.

"A Thompson é jogadora de força e é rápida. Muito dedicada. Ela traz velocidade ao time. A Fofão com 45 anos já tinha dificuldade em chegar em algumas jogadas e compensava com inteligência. A Thompson traz energia", derrete-se Bernardinho, acrescentando que haverá uma disputa sadia entre ela e Roberta. "Será bom poder utilizá-las com inteligência. As duas vão carregar o peso de substituir a Fofão. Creio que elas vão fazer coisas bacanas", diz, com os olhos brilhando.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.