Header Ads

>

UPCN derrota o Paykan Tehran e fica com o bronze no Mundial




Delegações de Cruzeiro e Zenit assistem jogo do 3º lugar (Foto: Rafael Araújo)

Sob os olhares dos olhares dos jogadores e comissões técnicas de Cruzeiro e Zenit Kazan, que já estavam no Ginásio Divino Braga, em Betim, para a final do Mundial de Clubes, o UPCN derrotou o Paykan Tehran, de virada e ficou com a terceira posição no Mundial de Clubes de vôlei masculino. A equipe argentina reagiu após sair perdendo de dois sets a zero e virou o duelo contra os iranianos para 3 a 2. As parciais do jogo foram 21-25, 22-25, 25-20, 25-23 e 16-14.

O oposto Ghafour, do Paykan Tehran, foi o maior pontuador do jogo, com 24 bolas viradas. Do lado argentino, os búlgaros Aleksiev e Uchikov foram os destaques, com 22 pontos cada.

O placar do jogo foi um exato reflexo da partida. Em momento algum, Paykan Tehran ou UPCN conseguiram abrir larga frente no placar. Quando uma equipe ameaçava a abrir vantagem, o técnico adversário rapidamente pedia tempo e parava qualquer reação. Os detalhes fizeram a diferença para os iranianos nas duas primeiras parciais, mas três últimas a vantagem foi em favor dos argentinos, principalmente no tie break.

Como o jogo entre UPCN e Paykan Tehran se alongou bastante por causa dos cinco sets, as delegações de Cruzeiro e Zenit Kazan, que fazem a final logo na sequência, já estavam no ginásio. Brasileiros e russos acompanhavam com atenção cada detalhe da partida do terceiro lugar, que terminou em um ponto de Filardi, capitão da equipe argentina. Foi a fagulha para a explosão dos animados torcedores argentinos que marcavam presença no Ginásio Divino Braga.

Festa do UPCN na quadra do Divino Braga (Foto: Rafael Araújo)
Delegações de Cruzeiro e Zenit assistem jogo do 3º lugar (Foto: Rafael Araújo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.