Header Ads

>

Líbero Serginho pode se tornar maior medalhista do vôlei nas Olimpíadas





vôlei serginho brasil (Foto: Alexandre Arruda / CBV)
Líder da seleção brasileira masculina de vôlei em quadra e homem de confiança de Bernardinho, Serginho é nome praticamente certo na lista do treinador para a disputa dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Após anunciar sua despedida nas Olimpíadas de Londres, em 2012, o líbero seguiu atuando em alto nível no Sesi e, devido aos problemas da equipe na recepção e no passe, foi convencido no início de 2015 a voltar à seleção.
Animado com a possibilidade de conquistar uma medalha olímpica em seu país e diante de sua torcida, Serginho vislumbra também entrar na galeria dos maiores medalhistas dos Jogos em sua modalidade.
Assim como os ponteiros Dante e Giba e o meio de rede Rodrigão, o líbero subiu três vezes ao pódio olímpico: foi ouro em Atenas 2004 e prata em Pequim 2008 e Londres 2012. Porém, como seus companheiros já deixaram a seleção, ele pode se tornar o único brasileiro com quatro medalhas.
Caso alcance essa marca, Serginho igualará outros quatro atletas na lista dos maiores medalhistas do vôlei na história dos Jogos Olímpicos: o italiano Papi, o russo Tetyukhin, a cubana Fernández Valle e a soviética Ryskal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.