Header Ads

>

Vôlei Bauru demite Chico dos Santos






















A diretoria do Concilig/Bauru, após reunião nessa quinta-feira (17) pela manhã, definiu a demissão do técnico Chico dos Santos. De acordo com o treinador, o motivo apresentado para a dispensa foi a sequência de resultados ruins da equipe na Superliga – o time vem de cinco derrotas nos últimos seis jogos.

O comando do Bauru nas duas próximas partidas, contra o Sesi, neste sábado, e diante do Osasco, no dia 22, será do assistente técnico Fernando Bonatto. A diretoria do Concilig procura o substituto de Santos, mas não revela os nomes que interessam.

Chico dos Santos deixa o Concilig após comandar o time em dois Campeonatos Paulistas (2014 e 2015), conquistando o inédito terceiro lugar na atual temporada estadual e também o título da Superliga B da temporada passada, que garantiu o Concilig na elite do vôlei brasileiro. O treinador estava tranquilo com a decisão da diretoria. "Eles resolveram tomar esta decisão e me comunicaram. Decidiram mudar para ver se altera em alguma coisa esta sequência de derrotas. Eu tenho mais de 30 anos de voleibol e estas coisas fazem parte", declara.

Apesar de calmo, Santos estava desapontado com a decisão. "Eu estou bem triste, porque achava que poderíamos reverter este momento ruim do time", comenta. O técnico ainda criticou a postura de algumas atletas do elenco. "Depois do jogo contra o Rio de Janeiro, que jogamos muito bem, algumas jogadoras começaram a acreditar demais em algumas coisas que eu não posso acreditar. Não é assim o voleibol. Você sempre tem que estar buscando coisas", resumiu, sem citar nomes.

A diretoria do Concilig não quis se pronunciar sobre a demissão nessa quinta (17) e, em nota da assessoria de imprensa, agradeceu o trabalho do técnico.

Reforço

No dia da saída de Chico dos Santos, o Concilig anunciou a contratação de novo reforço para a Superliga. A diretoria da equipe bauruense investiu em uma das principais promessas do vôlei nacional, a levantadora Lyara Medeiros, de 19 anos. Gaúcha de Porto Alegre, Lyara tem 1,80m e integra as seleções de base do Brasil desde 2011, quando conquistou o título do sul-americano infantil.

No ano seguinte foi vice-campeã na mesma competição e em 2013 conquistou o pan-americano infantil com a seleção brasileira. Em 2014, já pela seleção juvenil, foi campeã sul-americana novamente e, em 2015, veio a principal conquista da carreira da jovem atleta, o vice-campeonato mundial sub-20, disputado em Porto Rico. "Estou muito ansiosa, pois nunca joguei por uma equipe adulta e também uma Superliga, é algo novo pra mim", declarou a jogadora.

*JCNet

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.