Header Ads

>

Argentina e mais 4 brigam em Bariloche por vaga nos Jogos do Rio no vôlei





As seleções femininas de vôlei de Argentina, Colômbia, Peru, Venezuela e Chile começarão a brigar nesta quarta-feira em Bariloche por uma vaga no torneio olímpico dos Jogos do Rio de Janeiro, marcados para agosto.

O torneio pré-olímpico terminará no próximo domingo, e a equipe campeã será a quarta garantida na competição no Rio. O Brasil já está classificado por ser país sede, enquanto China e Sérvia asseguraram lugar depois de terem sido respectivamente campeã e vice da Copa do Mundo do ano passado, no Japão.

Colômbia e Venezuela abrirão o Pré-olímpico nesta quarta, enquanto a anfitriã Argentina fará a partida de fundo contra o Chile. Comandada pelo brasileiro seleção peruana começa folgando e entrará em quadra pela primeira vez apenas na quinta, diante das chilenas.

"Não há adversárias mais difíceis que outras. Temos de ficar em primeiro lugar e para isso é preciso vencer todos os jogos da melhor maneira possível", disse nesta terça o técnico da Argentina, Guillermo Orduna.

O treinador destacou que as seleções de Venezuela, Colômbia e Peru se prepararam bem para conseguir a classificação para os Jogos e revelou ver o Chile como "uma equipe mais jovem e um tanto mais inexperiente".

Argentinas e chilenas disputaram um amistoso no último domingo, e as donas da casa venceram por 3 a 0 com facilidade, com parciais de 25-13, 25-9 e 25-10.

"Estamos conscientes do lugar que ocupamos na América do Sul. Temos uma esperança intacta que é fazer um grande pré-olímpico. Sabemos que não somos uma equipe candidata, mas podemos surpreender", disse o treinador do Chile, o argentino Hugo Jáuregui.

O Peru também disputou uma partida preparatória, diante da equipe brasileira do Rio do Sul, e perdeu por 3 a 0, com 26-24, 25-18 e 30-28. Mauro Marasciulo não pode contar com a líbero Vanessa Palacios, uma de suas estrelas, que sofreu ruptura do tendão de Aquiles.

As colombianas, dirigidas pelo argentino Eduardo Guillaume, tentam uma classificação inédita para os Jogos e para isso realizaram uma intensa preparação no México com vitórias sobre as anfitriãs e a República Dominicana.

"Temos uma equipe que vem trabalhando em alto nível há quatro anos. É um grupo que vem somando e alcançou um bom nível. Esperamos poder mostrar isso no pré-olímpico e obter grandes resultados para nos classificarmos", disse Guillaume.

O técnico da Venezuela, Ivan Nieto, considerou que as chances de classificação girarão em torno do primeiro jogo, contra a Colômbia. "Essa partida determinará toda a competição", resumiu.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.