Header Ads

>

Minas e Praia Clube fazem clássico mineiro pela liderança da Superliga




 

Além da disputa particular, o clássico mineiro da quinta rodada da Superliga Feminina de vôlei é uma briga na parte de cima da tabela. O Minas, terceiro colocado, volta a jogar com a força de sua torcida e espera bater o líder e rival Praia Clube. Cinco pontos separam os dois times e uma vitória para a equipe de Belo Horizonte diminui essa diferença e não deixa os líderes dispararem. Um triunfo do time de Uberlândia distancia e assegura a liderança.

Praia Clube Minas Superliga Feminina vôlei Uberlândia (Foto: Praia Clube/Divulgação)

No primeiro turno, na Arena Praia, em Uberlândia, o Praia Clube levou no tie-break. Agora, as jogadoras podem escrever mais uma página na história no clássico nesta segunda-feira, às 18h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte. O jogo terá transmissão do SporTV. 

O Minas é terceiro colocado da Superliga, com 34 pontos, e vem de derrota de virada e no tie-break para o Pinheiros, fora de casa. O time de Belo Horizonte volta a Arenas Minas depois de dois jogos fora e espera usar o fator casa, onde tem seis vitórias em sete jogos, para bater o líder Praia Clube e encostar ainda mais na ponta da tabela. Para a levantadora Naiane, o clássico promete ser um duelo difícil, mas ela espera contar com o apoio do torcedor.

Praia Clube Minas Mineiro de vôlei  (Foto: Praia Clube/Divulgação)

– O peso de um clássico sempre vai existir, mas, jogando em casa, todo esse peso vira a nosso favor. A nossa torcida, com certeza, vai fazer a diferença e isso nos fortalece em quadra. Precisamos aproveitar a nossa fase na competição e fazer uma boa partida. Temos de seguir à risca o que foi trabalhado e treinado para sairmos com a vitória, que será de grande importância para a nossa equipe.

O Praia Clube é o líder da competição com 39 pontos - dois a mais que segundo lugar Rio de Janeiro, que tem um jogo a menos. As mineiras de Uberlândia vêm de vitória tranquila sobre o Valinhos em casa e estão invictas na Superliga há sete jogos. A ponteira Michelle, que vem se destacando nas últimas partidas, reconhece a força da torcida da capital mineira, mas foca nos três pontos diante do rival.

– Vamos estudar mais ainda o time delas para que a gente possa sair com a vitória. Independentemente das equipes, sempre vai ser um jogão. Não importa quem está do outro lado, Praia e Minas é um clássico. Um jogo grande com duas equipes bem fortes. Temos que ser mais fortes ainda para tiramos esses três pontos delas lá dentro – disse.

O time ainda tem as duas melhores pontuadoras da competição (Ramirez e Alix), a segunda melhor bloqueadora (Walewska) e a segunda melhor levantadora em eficiência (Claudinha). Para o clássico, o único desfalque é a ponteira Ju Costa, com um estiramento nas costas, que não viajou com o grupo. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.