Header Ads

>

Fabíola e a esperança de participar das Olimpíadas





Faltando seis meses para os Jogos Olímpicos 2016, José Roberto Guimarães, técnico da seleção brasileira de vôlei, mantém a esperança de contar com Fabíola no Rio de Janeiro logo após ela se tornar mãe pela segunda. Mas para isso acontecer, a levantadora do Brasília se exercita para que sua filha venha ao mundo através do parto normal. O apoio profissional está sendo oferecido pelo preparador físico da seleção José Elias Proença. E a atividade que a atleta está exercendo é o pilates   
- Toda essa orientação está sendo na construção desse corpo para favorecer, inclusive, o pós-parto normal para o retorno da Fabíola às quadras - revelou José Elias.
fabiola brasilia volei brasil (Foto: Reprodução SporTV)
Essa é a segunda gravidez da Fabíola, que tem 32 anos. A jogadora descobriu que esperava um neném em outubro. A notícia chegou como uma bomba para o técnico Zé Roberto.
- Ele me perguntou se eu acreditava que tinha condição de voltar depois da gravidez para treinamento e uma possibilidade para a Olimpíada. Falei: "Olha, Zé, há 10 anos, com a minha (primeira) filha, consegui voltar. E acredito que consigo voltar, sim" - contou Fabíola, que já havia pedido dispensa, em julho do ano passado, do período de preparação visando o Grand Prix e o Pan-Americano.  
Como Fabíola é de Brasília, a força-tarefa para deixá-la preparada para os Jogos do Rio de Janeiro foi montada na capital federal. Todo detalhe tem sido tratado com muita importância, pois irão determinar se a levantadora estará ou não nos Jogos Olímpicos de 2016.
- Estou realizando dois sonhos. Um é o de ser mãe novamente, mas sonho profissional que é o olímpico ainda não realizei. E estou em busca dele. Só depende de mim. Estou muito feliz - disse Fabíola. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.