Header Ads

>

Nestle Osasco vence Pinheiros e segue na cola dos líderes




Osasco x Pinheiros Superliga femiina vôlei (Foto: João Pires/Fotojump)

Com mais uma bela atuação da central Thaísa, o Osasco não teve grandes dificuldades para derrotar na noite desta terça-feira o Pinheiros por 3 sets a 0, com parciais 25/19, 25/19 e 25/16, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). Com a sua 13ª vitória – a terceira consecutiva – em 17 partidas nesta Superliga feminina 2015/16, o time da Grande São Paulo chegou aos 38 pontos e segue na terceira colocação da tabela, atrás apenas do Rio de Janeiro e do Praia Clube. O Pinheiros, que sofreu sua 11ª derrota na competição, ocupa a nona posição entre os 12 clubes da disputa, com 19 pontos.
Bicampeã olímpica, Thaísa foi a maior pontuadora do jogo, com 13 pontos. Também titular da seleção brasileira, a central Camila Brait teve ótima participação defensiva e foi eleita a melhor em quadra.
- Nossa equipe está subindo um degrau de cada vez, melhorando a cada jogo. Sabemos que a fase mais importante da Superliga está chegando, então precisamos dar continuidade a essa evolução. O grupo está focado e querendo conquistar os objetivos traçados. Precisamos melhorar ainda mais, mas estamos no caminho certo - disse Brait.
O próximo compromisso do Osasco é contra o Praia, nesta sexta-feira, às 20h (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo SporTV. As pinheirenses terão pela frente o Rio de Janeiro, na quarta-feira, às 19h30, em São Paulo.
A despeito do fato de a ponteira cubama Carcaces sendo titular pela primeira vez no ano, o Osasco começou o jogo com um ritmo lento. Isso fez o Pinheiros acreditar na sua força e jogar com bastante vontade para chegar a abrir 16/12. Porém, Thaísa foi para o saque, fez dois aces e comandou a virada do time da casa, que acabou fechando o primeiro set em 25/21.
Na segunda parcial, o Osasco esteve ainda mais ligado em quadra e caminhou com tranquilidade rumo ao triunfo cuja marca foi o bom jogo coletivo, com destaques para Thaísa, Camila Brait, Adenízia e a ponteira belga Van Hecke: vitória por 25/19.
Disposto a fechar o jogo em três sets, as donas casa apertaram o ritmo e sobraram em quadra, chegando a abrir 8/2. C

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.