Header Ads

>

Principais técnicas do bloqueio no Voleibol




http://globoesporte.globo.com/ESP/Home/foto/0,,11405362-EX,00.jpg

O bloqueio é uma ação técnico-tática defensiva e ao mesmo tempo ofensiva do voleibol que consiste em interceptar ou amortecer o ataque da equipe adversária. Ação defensiva é a de buscar interceptar a passagem da bola em sua própria quadra ou amortecer o ataque, facilitando a defesa. Há também a ação ofensiva já que outro objetivo é rebatê-la na quadra adversária através da invasão do espaço adversário (bloqueio ofensivo). Esta característica é mais observada em jogadores mais treinados, que possuem maior estatura e impulsão vertical mais desenvolvida.

A t
écnica do bloqueio consiste em posição de expectativa, execução e queda (Bojikian, 1999).

Posição de expectativa: junto à rede, o bloqueador está em semiflexão dos joelhos. Os braços semiflexionados à frente do corpo com as palmas voltadas para frente.

Execução: o bloqueador estende o joelho dando impulsão para cima e os braços também são estendidos, as mãos podem invadir ou não o espaço aéreo adversário formando um obstáculo a passagem da bola. Quando a bola tocar nas mãos deverá flexionar os punhos para enviar a bola à quadra adversária.

Queda: amortecer a queda com os joelhos flexionados, primeiro contato na ponta do pé e depois distribuir o peso em todo o pé.

Técnica de deslocamentos

Passada lateral: com os ombros paralelos a rede deslocar com passadas laterais.

Passada de frente e giro: desloca correndo, gira e salta no momento do ataque.

Passadas cruzadas e ajuste com passada lateral: desloca em passada cruzada e faz o ajuste (momento de equilíbrio do bloqueador para realizar a impulsão) em passada lateral.

 O importante da passada na fase de aprendizagem é que o aluno experimente várias formas de deslocar para encontrar qual passada é a mais rápida para seus deslocamentos principalmente aos bloqueadores centrais que dependem da velocidade de deslocamento para bloquear os ataques. O bloqueio por ser uma ação executada muito próxima à rede, deverá ser bem treinada a fim de evitar o contato com esta e também a invasão da quadra adversária durante a queda, o que pode favorecer o adversário, na iniciação ocorrem muitos saltos com pequenos deslocamentos à frente o que provoca este tipo de infração.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.