Header Ads

>

Se o Praia Clube vener o Sesi colocará Minas Gerais na final após 12 anos




Técnico Ricardo Picinin acredita em crescimento após vitória salvadora fora de casa

Minas Gerais pode voltar a ter um representante na final da Superliga Feminina de Vôlei após 12 longas temporadas. A missão passa pelas mãos do Dentil/Praia Clube, que recebe o Sesi-SP nesta sexta-feira (18), a partir das 18h30, na cidade de Uberlândia.

O confronto ainda é válido pelas quartas de final. Mas, caso o time do Triângulo avance para a próxima fase, garantirá a presença do vôlei mineiro na grande decisão, o que não acontece desde 2003/04.

Isso porque o vencedor do último duelo da série melhor de três enfrentará o Camponesa/Minas, já classificado para a semifinal. O outro confronto será o clássico entre Rexona-AdeS e Vôlei Nestlé.

Assim como nas duas primeira partidas, o duelo desta sexta-feira (18) promete muito equilíbrio. No primeiro jogo, em Uberlândia, o Sesi-SP venceu por 3 sets a 0. No segundo, em São Paulo, o Praia deu o troco, por 3 sets a 1.

Confiante, o técnico da equipe mineira, Ricardo Picinin, pede o apoio da torcida para o duelo decisivo. "Estamos focados 100% no embate decisivo desta sexta-feira, e esperamos novamente casa cheia para nos empurrar rumo à vitória. O trabalho do grupo foi valorizado na última segunda-feira, e temos que seguir focados para garantir um lugar na semifinal", afirma o treinador.

Pelo lado do Sesi-SP, a central e capitã Fabiana espera que a equipe consiga se recuperar da derrota em casa. "Na última partida, nós erramos muito em comparação ao primeiro jogo. Estudamos o que erramos no confronto da segunda-feira, treinamos bem, e vamos com tudo para Uberlândia buscar a classificação", declarou a jogadora.

Faz tempo...

O último time do Estado a disputar a final da Superliga Feminina de Vôlei foi o Minas, em 2003/04. Naquela ocasião, a equipe da Rua da Bahia levou o "troco" do BCN/Osasco com uma derrota por 3 a 0 na decisão. Na temporada anterior, as duas equipes também haviam decidido o título, que ficou nas mãos das mineiras.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.