Header Ads

>

Claudinha exalta temporada dela e do Praia Clube




Claudinha, levantadora, Praia Clube (Foto: Praia Clube/Divulgação)

O ano foi de superação. A derrota na grande decisão da Superliga Feminina de vôlei nesse domingo, para o Rio de Janeiro, por 3 sets a 1, não tirou o brilho da temporada. A levantadora Claudinha chegou ao Praia Clube com bagagem de seleção brasileira para assumir a titularidade e comandar o time. No começo da Superliga, um dedo quebrado colocou empecilhos nos planos da jogadora. Mas Claudinha se recuperou e ajudou a levar a equipe mineira à grande final pela primeira vez. Com o trabalho reconhecido no Praia, a levantadora prefere exaltar o vice-campeonato inédito, mas levará a sensação de ter poder ter vencido o Rio e ser campeã.

– Foi um jogo digno de uma final. Claro que a gente sai com a sensação de que poderia mais, poderia conseguir o título. Mas enfim, essa medalha de prata vale ouro para a gente. Fizemos uma campanha maravilhosa, só para premiar a campanha. Estou muito feliz, acho que a equipe também está. Todos estão de parabéns, foi sensacional. Foi um ano abençoado para mim, só de coisas certas. Teve alguns tropeços, mas isso deu forças – disse.

Além de elogiar o time, Claudinha começa a pensar na próxima temporada. Sobre a possibilidade de continuar no time mineiro, a levantadora foi breve, dizendo apenas que acha que deve continuar no projeto.

Durante todo o ano, Claudinha recebeu o carinho dos fãs e torcedores. Até em Brasília a levantadora reservou um tempo após o jogo para conversar e retribuir esse carinho.

– Compareceu muito. Nossa torcida veio em peso, estava lindo. Até brincamos que o amarelo estava dominando. Mas durante a temporada inteira recebi muito carinho e hoje consegui falar um pouquinho com eles também – concluiu.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.