Header Ads

>

Fabíola dá à luz em Taguatinga e ainda pensa nas Olimpíadas do Rio




Fabíola deve disputar os Jogos Olímpicos pela seleção brasileira

Nasceu na noite desta quinta-feira (19/5), a segunda filha da jogadora de vôlei Fabíola da Seleção Brasileira. Natural de Ceilândia, a levantadora deu à luz a mais uma "candanguinha". A própria atleta postou nas redes sociais uma foto com a pequena Annah Vitória.

Mãe e filha passam bem. O parto, em um hospital de Taguatinga, foi normal. Annah nasceu forte, com 3,3 kg e 48 centímetros. "A felicidade é muito grande pelo nascimento da Annah Vitória. Foi a realização de um sonho. Estou feliz e curtindo o momento. Obrigado a todos que rezaram e torceram para tudo dar certo", revelou.

Olímpiadas
Mesmo faltando menos de três meses para o Jogos Olímpicos, Fabíola deverá participar da competição. O pós-parto da levantadora está sendo acompanhado de perto pela comissão técnica da seleção feminina e a expectativa é de que em quatro semanas ela já possa começar seu treinamento no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema (RJ).

A levantadora estava treinando até poucos dias antes do nascimento da filha. Ela está no Distrito Federal desde janeiro e para não perder a forma física, treinou no Ginásio Sesi Taguantinga, onde começou a carreira e é a casa do Terracap/Brasília Vôlei. Em entrevistas, o técnico José Roberto sempre reafirma que quer contar com jogadora durante as Olimpíadas, tanto que a convocou em abril junto com outras 18 atletas. A convocação ainda não é definitiva, pois sofrerá sete cortes antes de formar o grupo final de 12 atletas que irão aos Jogos.

Experiente, Fabíola defendeu os melhores clubes de voleibol do Brasil, como Rexona, MRV/Minas, São Caetano, Osasco e Pinheiros. Fora do país, ela atuou pelo Dínamo Krasnodar (Rússia). Com a Seleção Brasileira, a levantadora conquistou a medalha de ouro no Grand Prix do Japão (2014), a Copa dos Campeões (2013) e o Pan de Guadalajara (2011).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.