Header Ads

>

Pré-Olímpico mundial feminino tem segunda rodada com surpresas




FIVB/Divulgação
A segunda rodada do Pré-Olímpico mundial feminino de Vôlei viu duas vitórias inesperadas acontecerem: Peru e Coreia do Sul não deram chances às rivais República Dominicana e Holanda, abrindo contagem na classificação do Pré-Olímpico e embolando um pouco a classificação antes da folga de segunda-feira. A Itália venceu a segunda, mas também levou um susto; já o Japão venceu mais uma com tranquilidade.

Itália x Tailândia

O público apostava em uma vitória tranquila das italianas contra a Tailândia, apontada como terceira força da Ásia.

Ao menos no primeiro set, a Itália parecia ter esquecido que estava em quadra. A Tailândia dominou completamente a parcial. O time italiano deixou para acordar apenas no fim, com as mexidas de Marco Bonitta - destaque ao botar a craque veterana Piccinini no banco. Só que já era tarde: a equipe da Tailândia fechou o primeiro set em 25/17.

Na segunda parcial, as tailandesas tentaram equilibrar o jogo, enquanto o time italiano buscava mostrar que estavam no jogo. Com a entrada da jovem Paola Egonu, de apenas 17 anos no time, a Itália reagiu e empatou o jogo em 1x1, parcial vencida em 25/16.

Depois do empate, a Itália finalmente engrenou e viu a mistura da veterana Del Core com as jovens Sylla e Egonu dar caldo: as parciais seguintes foram da Itália, que não teve mais trabalho contra as tailandesas: 25/17 e 25/16, 3 sets a 1 para o time europeu. Egonu encerrou como a mais eficiente pontuadora, 17 marcados.

Peru x República Dominicana

O duelo colocou frente a frente duas seleções que haviam perdido suas partidas de estreia na competição. E numa grande atuação de Angela Leyva, o Peru conquistou uma importante vitória para tentar manter as esperanças de vaga nas Olimpíadas.

Com ajuda de 22 pontos de Leyva, as peruanas bateram as dominicanas por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/16 e 26/24, placar excelente para um time que até então vinha sendo considerado como azarão na disputa.

Holanda x Coreia do Sul

Após iniciar o Pré-Olímpico com derrota para a Itália, as sul-coreanas não abaixaram a cabeça e venceram a Holanda com força: 3 sets a 0.

A capitã e estrela do time sul-coreano Kim Yeon-Koung brilhou mais uma vez, dessa vez com 24 pontos que ajudaram sua equipe a vencer o time holandês por 29/27, 25/23 e 25/21 em 1h30 de partida.

Japão x Cazaquistão

Após algumas surpresas no dia, o Japão não poderia se dizer que era o grande favorito contra o Cazaquistão, outro time que vinha de derrota no sábado. Em quadra, no entanto, as japonesas fizeram valer a força da equipe e o mando de campo.

Com rapidez, o time bateu as cazaques por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/15 e 25/11. O Japão também teve a melhor pontuadora em quadra, Yuki Ishii, com 11 acertos.

Classificação em 2/7 rodadas disputadas:

1 - Japão - 2 vit, 6 pts, 6 sv, 0 sp
2 - Itália - 2 vit, 6 pts, 6 sv, 2 sp
3 - Coreia do Sul - 1 vit, 3 pts, 4 sv, 3 sp
4 - Tailândia - 1 vit, 3 pts, 4 sv, 4 sp
5 - Peru - 1 vit, 3 pts, 3 sv, 3 sp
6 - Holanda - 1 vit, 3 pts, 3 sv, 4 sp
7 - Rep. Dominicana - 0 vit, 0 pts, 1 sv, 6 sp, ratio de pontos 0.843*
8 - Cazaquistão - 0 vit, 0 pts, 1 sv, 6 sp, ratio de pontos 0.579*
Ratio de pontos é a divisão do número de pontos marcados pelo de pontos sofridos, é o último critério de desempate na classificação.

Próxima rodada (horário de Brasília):
22h (16/05): Cazaquistão x Peru
0h45 (17/05): Rep. Dominicana x Itália
3h30 (17/05): Tailândia x Holanda
7h05 (17/05): Coreia do Sul x Japão

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.