Header Ads

>

Obra de arena de vôlei é embargada




 A Prefeitura do Rio embargou as obras da arena de vôlei de praia que será usada nos Jogos Olímpicos Rio 2016 por falta de licença de instalação. O canteiro onde se realizam as obras para a arena na praia de Copacabana amanheceu vazio por causa do embargo da obra, que é de responsabilidade do Comitê Rio 2016. A licença para a instalação da arena deveria ter sido entregue até sexta-feira, o que não ocorreu.

Mas, segundo o diretor de Comunicação do Comitê Rio 2016, Mario Andrada, a documentação será regularizada amanhã e as obras serão retomadas. Ele garantiu que não haverá atraso na entrega da arena.

Outro revés para os Jogos envolve risco à saúdesaúde. Estudo da Fundação Oswaldo Cruz descobriu genes de super bactéria na Lagoa Rodrigo de Freitas e em rio que deságua na Baía de Guanabara, que contamina praias onde serão realizadas provas.

Segundo levantamento da Fiocruz, que será publicado pela Sociedade Americana de Microbiologia, a contaminação ocorre porque dejetos hospitalares e de milhares de casas vão parar nas bocas de lobo e nos rios e córregos que se cruzam a cidade. Outro estudo publicado no final de 2014 mostrou a presença da superbactéria – classificada pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos como ameaça de saúde pública urgente.

O levantamento mostra incidência de micróbios em Copacabana, que sediará competições de natação em mar aberto e triatlo, Ipanema, Leblon, Botafogo e Flamengo.

Neste sábado, a ressaca no Rio foi cenário para turistas e moradores fotografarem. Ondas que ultrapassavam 3 m de altura foram paraíso para turistas. A tempo hoje deve ficar nublado com ventos moderados durante todo o dia.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.