Header Ads

>

Vôlei Nestlé anuncia novidades para a temporada 2016/17





O Vôlei Nestlé anunciou nesta terça-feira (14), em uma coletiva em São Paulo, as novidades de seu elenco para a temporada 2016/2017. Além das jogadoras consagradas, o grupo teve mudanças importantes na composição e em seu formato. De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, a equipe reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013 e que chegou no Brasil no final de 2015, a de incentivar a capacitação de jovens talentos, propondo iniciativas e investimentos em projetos visando a qualificação e seu ingresso no mercado profissional.

A Nestlé incentivará práticas e técnicas de liderança e capacitação para as jogadoras mais experientes, que serão as mentoras das jovens com protagonismo na quadra (futura geração) e também dos novos talentos que o projeto revelará. Entre as iniciativas que serão desenvolvidas pelo programa estão treinamento de coaching para as mentoras e atividades de aprimoramento técnico e reforço psicológico, além de orientação vocacional e capacitação profissional fora da quadra para a futura geração de atletas.

A equipe de Osasco dará sua contribuição oferecendo espaço em seu elenco para jovens atletas, algumas delas com histórico já vitorioso nas categorias de base da seleção brasileira. Cinco das onze já confirmadas representam o futuro da modalidade em nosso país e buscam afirmação em um clube grande. Bia, Saraelen, Paula Borgo, Gabi e Bruna Neri estão com menos de 24 anos e as quatro primeiras já possuem títulos mundiais em suas carreiras. Mais três atletas juvenis serão contratadas por meio e observações pelo país. O modelo de escolha ainda está sendo definido pela comissão técnica do Vôlei Nestlé.

Carol Albuquerque ajudará a formar a nova geração - Campeã olímpica em Pequim-2008, Carol Albuquerque está preparada para ser mentora das atletas da nova geração.

- Acho legal essa iniciativa da Nestlé de mesclar jogadoras experientes com jovens promessas. Já passei por isso quando comecei minha carreira e tive o suporte de atletas consagradas que me ajudaram. Eu guardo isso até hoje e com muito carinho. Se puder deixar esse legado para as meninas e contribuir para desenvolvimento e crescimento delas vou ficar bastante feliz - ressaltou a levantadora.
 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.