Header Ads

>

Desempenho da Sérvia é elogiado por técnico na final da Liga Mundial








Nikola Grbic, técnico da Sérvia, brincou na véspera da final que, se seu time já tinha vencido o Brasil uma vez, poderia vencer de novo e que por isso manteria esse sonho vivo. No domingo, após a conquista inédita da Liga Mundial, ele disse que, apesar do revés, o time de Bernardinho ainda é o melhor da atualidade e favorito na Olimpíada - opinião não compartilhada pelo técnico brasileiro. E comemorou, feliz e orgulhoso dos seus atletas que o "seguiram e que acreditaram em mim".
- E agora temos um ouro inédito. Infelizmente meu sonho não se tornou realidade quando eu era atleta, mas aconteceu como técnico. E estou muito feliz dessa forma também - falou o ex-levantador, que não esperava uma partida de apenas três sets na decisão.
- É muito difícil jogar três ou quatro dias na estrada, seguido. E é preciso estar muito forte mentalmente. Ontem (anteontem), o Brasil jogou uma partida muito complicada e estressante contra a França, no limite de ganhar ou perder (os placares dos sets foram muito justos). E acho que os jogadores perderam muita energia, física e mental. Talvez tenha sido muito cansativo jogar de novo uma final como o Brasil sempre jogou.
Segundo o técnico, a Sérvia fez partida tecnicamente excelente. E, diferentemente da primeira etapa, quando sacaram "de forma insana" e derrotam o Brasil, sua seleção foi completa.
- Não foi só o saque. Defendemos melhor e organizamos melhor os ataques. Fomos agressivos, bloqueamos e sempre estivemos na frente. É difícil ganhar do Brasil. E na parada do segundo para o terceiro set eu disse para o time: continuem nessa estrada, não precisa melhorar - contou o treinador que lamenta estar fora da Olimpíada do Rio.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.