Header Ads

>

Estados Unidos vencem Polonia e estão na semifinal da Rio 2016




De desacreditado a sério candidato ao ouro olímpico no vôlei masculino. Depois de iniciar a Olimpíada com duas derrotas e quase dar adeus ainda na primeira fase, os Estados Unidos venceram a atual campeã mundial Polônia por 3 sets 0 (25/23, 25/22 e 25/20), nesta quarta-feira, no Maracanãzinho, e chegaram à semifinal da Rio 2016. É a quarta vitória consecutiva dos americanos, que agora esperam pelo vencedor do confronto entre Itália e Irã, às 18h.

Assim como aconteceu contra o Brasil, os Estados Unidos apostaram na força do saque para derrotar uma das favoritas ao primeiro lugar. O time conseguiu seis aces, além de cinco bloqueios. O grande destaque da equipe foi Aaron Russell, com 15 pontos, seguido por Matthew Anderson, com 11.

O JOGO

Estados Unidos e Polônia apostaram em seus saques poderosos e fizeram um primeiro set bastante disputado no Maracanãzinho. Os americanos foram ligeiramente superiores em quesitos fundamentais para conseguirem 1 a 0 no placar. Com dois aces e dois bloqueios em momentos decisivos, eles abriram vantagem e chegaram a fechar por 25 a 20. Os poloneses, porém, voltaram ao jogo depois de solicitarem um desafio por toque na rede e chegaram a sonhar. Mas era tarde demais: vitória americana por 25 a 23.

A Polônia respondeu no início do segundo set com um jogo mais preciso. O time encaixou o saque, melhorou o bloqueio e abriu 14 a 10 depois que o ídolo Bartosz Kurec superou um bloqueio triplo e levantou a torcida no ginásio. Os americanos, porém, acordaram: a defesa chegou novamente nas bolas, e a equipe virou para 20 a 19 com dois aces de Taylor Sander. Logo em seguida, fechou por 25 a 22 após um desafio, que confirmou um toque na rede dos poloneses.

Os Estados Unidos levaram para o terceiro set o crescimento que tiveram a partir da metade do segundo. O saque bastante forçado atrapalhou a recepção polonesa e passou a facilitar o trabalho dos bloqueadores americanos. Isso se refletiu no placar de 14 a 9. A Polônia mexeu na formação, tentou encontrar uma alternativa, mas não conseguiu se aproximar. A equipe americana sustentou o forte jogo ofensivo e decidiu o jogo em 25 a 20.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.