Header Ads

>

Fabiola pára de amamentar e só verá filha após Olimpíada





 
Com o início dos treinos no Rio e a mudança para a Vila Olímpica, nesta terça (2), a jogadora deixou a recém-nascida com os pais, em Brasília. Agora, as duas irão se reencontrar apenas depois dos Jogos, no fim de agosto.
"Parei de amamentar ontem [terça]. Já estava nesse processo desde que comecei a treinar em Saquarema [em 19 de junho]. Continuei a amamentação em Saquarema, mas já dei um pouco de mamadeira. Agora acredito que ela vai largar. Não sei se depois de 20 dias a Annah vai querer, mas vou tentar", explicou Fabíola nesta quarta (03).
Cortada às vésperas dos Jogos de Londres-2012, Fabíola vai disputar sua primeira Olimpíada no Rio. Para isso, precisou que o nascimento da segunda filha [Andressa já tem 10 anos] fosse de parto normal, ou não teria tempo para se apresentar ao técnico José Roberto Guimarães.
"Vivi intensamente esse período para que ela nascesse de parto normal, que tudo fosse tranquilo. E nesse momento estamos focadas aqui. Foi difícil deixar as duas em casa. Mas sei que tudo valeu a pena e vai valer ainda mais. Agora vamos nos ver só no final. Preferi que elas fiquem lá", disse a levantadora.
Fabíola voltou a jogar, na semana passada, em dois amistosos que o Brasil fez contra a Sérvia. No entanto, diz que ainda precisa perder de dois a três quilos para alcançar a forma física ideal. "O peito não vai ficar tão cheio agora. Mas não estou preocupada com peso. É a gordura que preciso perder em alguns dias. Estou treinando o mesmo que as outras meninas".
A seleção feminina estreia neste sábado (6), às 15h, contra Camarões, no Maracanãzinho. E se o treinador precisar substituir a titular Dani Lins, Fabíola se diz pronta. "Sempre tem o que melhorar. Mas estou pronta se o Zé precisar pode contar comigo. Estou muito feliz. Valeu a pena todo esse sacrifício de todos esses anos. Estou vivendo tudo com muita intensidade", concluiu.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.