Header Ads

>

Lucarelli e Wallace ainda assimilam ouro no Rio: "Demora para acreditar"




 

O feito já faz mais de uma semana. Mas o sabor de uma grande conquista não passa tão rápido assim. Lucarelli e Wallace, campeões olímpicos de vôlei na Rio 2016, estão vivendo isso. Nove dias depois da vitória por 3 a 0 sobre a Itália, no último dia 21, a dupla ainda está assimilando - e saboreando - a conquista da medalha de ouro na Olimpíada.

– Demora demais para acreditar. Você meio que não acredita. Lógico que demora um pouco para cair (a ficha). Mas, quando cai, você pensa: "pô, sou campeão olímpico". Poucas pessoas são. É bem massa – comentou o oposto Wallace, que analisa a participação da Seleção nos Jogos Olímpicos.

– Poderia ter sido melhor. Depois dos dois primeiros jogos que ganhamos, perdemos alguns. Talvez, umas coisas ruins vieram para o bem. Não ganhamos todas, mas quando era obrigado a ganhar, fomos lá e jogamos bem. Então, perdemos quando podíamos perder – comentou.

Depois da final olímpica, Wallace e Lucarelli tiveram sete dias de folga. O primeiro usou os dias de descanso para providenciar a mudança para Taubaté. Após anos defendendo as cores do Cruzeiro, o oposto jogará nesta temporada pela equipe do interior de São Paulo. Lucarelli, que já defendia o time taubateano, passou o período de folga em Minas Gerais ao lado da família e dos amigos. Nesses dias, também visitou o centro de treinamento do Atlético-MG, time de coração.

– É uma experiência única. Um campeonato que todo mundo espera quatro anos. É muita expectativa para poucos dias de competição. Foi muito bacana essa experiência. Estou muito feliz e realizado por poder fazer parte da seleção em uma Olimpíada e ainda mais por sair vitorioso – disse Lucarelli.

– O processo foi muito desgastante mentalmente. Depois que ganhamos, dá um baque. A gente não sabe muito bem como reagir. A felicidade e o alívio são enormes. Não caiu a ficha ainda: "sou campeão olímpico". É uma coisa muito importante. Acho que ainda não caiu ficha – completou.

Nessa segunda-feira, 29, os dois se apresentaram ao Vôlei Taubaté para dar início aos trabalhos para a disputa da temporada 2016/2017. Junto com eles, chegou à equipe taubateana o central Éder, que também foi campeão olímpico. Nestes primeiros dias no clube, o trio realiza exames médicos e fazem trabalhos mais físicos. A estreia deles na temporada está prevista para meio de setembro.

A medalha de ouro na Rio 2016 deixou Wallace e Lucarelli mais animados para brigar por mais títulos nesta temporada. O caneco da Superliga Masculina, sonho de consumo do Taubaté, é um deles. 

– Você chega com mais gás até por ter conquistado o ouro e por ser um novo clube. Fica tudo mais fácil de você fazer as coisas. Espero que eu cumpra as expectativas – destacou Wallace.

– Chegamos muito confiantes. A equipe como um todo está muito confiante. Formamos um grupo muito forte neste ano. Todo mundo está bem confiante para este ano – ressaltou Lucarelli.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.