Header Ads

>

Brasília vence por 3 sets a 0 e quebra sequência de vitórias do Praia Clube





Jogando na Arena Praia, nesta quarta-feira (30), o Dentil/Praia Clube conheceu sua primeira derrota na Superliga Feminina de Vôlei 2016/17, ao perder para o Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 0, com parciais de 21/25, 21/25 e 17/25. O jogo foi válido pela 7ª rodada da competição.
Com esse resultado, o time de Brasília passou à frente do Praia na classificação e assume o segundo lugar. Os dois times têm 18 pontos, mas o Brasília perdeu somente 3 sets na competição, enquanto o Praia perdeu 5 sets. A central do Brasília, Roberta Silva, foi eleita a melhor em quadra.
Como na rodada passada, o Praia não contou com a central Fabiana e com a ponteira Alix, ambas lesionadas. Porém, de acordo com o técnico Ricardo Picinin, a ausência delas não foi determinante na derrota.
"Elas fazem falta em qualquer equipe, mas, hoje, o time adversário imprimiu um ritmo forte no saque, o que atrapalhou nossa recepção. Mérito do adversário", disse Picinin.

Brasília forçou no saque e levou a melhor nesta quarta (30) (Foto: Cleiton Borges)

Segundo a levantadora Claudinha, o momento é de treinar forte para voltar a vencer no próximo jogo. "Temos mais de uma semana para treinar e focar para a próxima partida e, assim, ganhar novamente", afirmou Claudinha.
O Praia Clube joga novamente em casa na próxima sexta-feira (9) contra a equipe do Vôlei Nestlé/Osasco. O jogo, às 21h30, será válido pela oitava rodada da competição.
O jogo
O time de Brasília começou fazendo 2 a 0, mas o Praia logo reagiu com a ponteira Ellen, empatando a partida. Porém, com o time mineiro falhando na recepção, até o vigésimo ponto disputado, o Brasília se mantinha à frente com 11 a 9. O Praia chegou a empatar em 12 a 12, mas as adversárias logo voltaram à frente com 15 a 14. Indo bem em todos os fundamentos e forçando erros do lado mineiro, o Brasília fez 22 a 17. Com essa vantagem, o time da Distrito Federal jogou bem e fechou o primeiro set em 25 a 21.
Muito superior, o time de Brasília fez 6 a 0 no segundo set. Sendo assim, o técnico praiano Picinin tentava esfriar a partida pedindo tempo, mas as adversárias continuavam defendendo e atacando muito bem, principalmente com a campeã olímpica Paula Pequeno. Com essa desvantagem o time praiano começou a forçar o saque e se deu bem, encostando no placar, 16 a 14. Com Ramirez deixando uma bela largadinha, o jogo empatou em 18 a 18. Porem o Brasília voltou novamente à frente e fechou o segundo set com 25 a 21, fazendo 2 a 0 no jogo.
O terceiro set começou mais disputado com os times se alternando no placar. O Praia chegou a fazer 6 a 4, mas logo o time de Brasília se acertou e passou a frente, fazendo 8 a 6. Com essa vantagem, o Brasília começou a se impor na partida novamente, aumentando a vantagem para 14 a 7. O time mineiro continou errado muito, enquanto as jogadoras adversárias não deixavam a bola cair e a vantagem subiu para dez pontos, sendo 20 a 10 para o Brasília. Com essa diferença, o Brasília teve tranquilidade para fechar o terceiro set em 25 a e o jogo em 3 a 0.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.