Header Ads

>

Com show na defesa, Rexona Sesc vence Camponesa Minas pela Superliga




Minas x Rio de Janeiro; Monique (Foto: Orlando Bento / Minas Tênis Clube)
Mostrando uma solidez no sistema defensivo e com boa atuação de Monique, o Rio de Janeiro se recuperou da derrota para o Osasco, na última rodada, e derrotou o Minas por 3 sets a 1, em Belo Horizonte, com parciais de 22/25, 24/26, 25/17 e 20/25. O resultado manteve a equipe carioca na liderança da fase de classificação da Superliga Feminina de Vôlei e interrompeu que o time da casa chegasse à terceira vitória consecutiva. Juciely, do Rio, foi escolhida a melhor em quadra.
O Rio chegou aos 28 pontos e assegurou a primeira colocação na Superliga durante o recesso para as festas de fim de ano. Já o Minas, que vinha de triunfos sobre o Fluminense e o Praia, está em sexto com 13 pontos, mas pode perder posição para o Fluminense, que encara o Praia, nesta quinta, no Rio de Janeiro.
O último jogo entre as equipes será na próxima quarta-feira. Em Belo Horizonte, às 21h30 (de Brasília), o Minas encara o Valinhos. Já o continua em Minas Gerais, mas agora em Montes Claros, onde visita o Praia Clube, às 21h55.
O jogo
O Minas abriu boa vantagem no começo do primeiro set, chegando a vencer por 5 a 0, principalmente com as viradas de Rosamaria e as jogadas no centro de quadra com Mara. Entretanto, o Rio de Janeiro conseguiu se recuperar e virou a partida já antes da segunda parada técnica. Até o final do set, a equipe de Bernardinho se manteve à frente, com boa atuação de Monique, vencendo o primeiro set por 22/25, após um erro de ataque de Destinee Hooker.  
A exemplo do primeiro set, o Minas também iniciou a parcial seguinte mais ativo e chegou abrir 4 a 1 diante do Rio de Janeiro. Entretanto, deixou o líder do campeonato reagir e sofreu a virada. O Minas reagiu novamente e passou à frente do placar, quando fez 15 a 14, em um momento que acertou seu sistema defensivo e passou a errar menos. Mas foi por pouco tempo. Os erros de recepção voltaram a ocorrer, o Rio se aproveitou e voltou a liderar o placar, fechando o set por 24/26.
O terceiro set se encaminhava para mais uma vitória do Rio. Mas aí o bloqueio do Minas passou a ser muito eficiente, e Hooker pouco errou nos ataques. Somado a tudo isso, após marcar 16 pontos, o Rio não conseguia mais virar bolas e cedeu a virada para o time da casa, que chegou a fazer 24 a 16. O time carioca conseguiu o 17º pontos, mas Hooker tratou de fechar o set em 25/17.
No quarto set, o Minas continuou sendo comandado pelos ataques de Hooker e Rosamaria. Mas a defesa do Rio de Janeiro passou a impedir que as bolas do time da casa caíssem de primeira, a partir da metade da parcial, o que fez diferença para a equipe virar a partida.  A partir da percial de 15 a 13 para o Minas, as visitantes imprimiram um ritmo forte nos ataques e na defesa e conseguiram fechar o jogo, acabando o quarto set em 20/25.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.