Header Ads

>

Rexona Sesc faz 3 a 0 no Praia Clube e lidera Superliga Feminina com folga





O Rio de Janeiro continua invicto contra o Praia Clube. Mesmo jogando em Uberlândia, o time de Bernardinho não tomou conhecimento das mineiras e venceu por 3 sets a 0 (parciais de 25/20, 25/11 e 25/21), em 1h25 de partida. Esta foi a 18ª vitória da equipe carioca sobre o Praia na história da Superliga Feminina. Com o triunfo, o Rio termina o primeiro turno na liderança isolada da competição com 31 pontos, e o Praia cai para quinto, com 23 pontos.

As duas equipes voltam a jogar apenas em janeiro. No dia 6, o Praia Clube recebe o Valinhos, às 19h30, na Arena Praia, em Uberlândia. No dia 9, o Rio recebe o Fluminense, às 19h30, no Tijuca, no Rio de Janeiro.
Praia Clube x Rio de Janeiro, Superliga Feminina de vôlei, Uberlândia (Foto: Praia Clube/Divulgação)

As duas equipes forçaram bastante o saque e erraram pouco, no primeiro set. Ponto a ponto, Praia e Rio de Janeiro trocavam a liderança da parcial. No maior rali do set, Fabiana foi bloqueada na saída de rede e o Rio abriu três pontos: 15 a 12. Mesmo com o bloqueio melhor, o Rio viu a cubana Ramirez usar a força e diminuir a diferença em 17 a 16. À frente do placar, o time de Bernardinho conduziu melhor o jogo, fechou a porta do Praia e com ataque de Gabi, na entrada de rede, confirmou o primeiro set: 25/20.

No segundo set, o jogo mudou. O Praia errou mais e viu o Rio, embalado pelo primeiro set, abrir larga vantagem com ataque de Mayahra, na saída de rede: 10 a 4. Mas a vantagem ainda ia aumentar. Com ataques para fora e o passe quebrado, o Praia não conseguiu pontuar. A diferença chegou a 11 pontos em 16 a 5. O técnico Ricardo Picinin tentou mexer na equipe, colocando Carla no lugar de Ellen. Quando as coisas pareciam dar certo ao Praia, o Rio respondia na defesa. No bloqueio de Juciely em Fabiana, na diagonal de Gabi, e no erro de Claudinha, o Rio aumentou a diferença e fechou o set: 25/11.

No terceiro e último set, o Rio de Janeiro voltou da mesma forma e determinado a fechar a partida. O Praia até esboçou reação com Carla, e depois Walewska, na jogada China, mas a diferença ainda era de tês pontos em 13 a 10. O Rio se aproveitava dos erros do time da casa para seguir com a vantagem. No meio do set, a líbero Fabi caiu na quadra para uma defesa e machucou o dedo indicador da mão direita, mas foi apenas um susto. Sem reação, o time mineiro não impôs dificuldades na parcial e viu o Rio disparar ainda mais em 22 a 15. Walewska diminuiu a diferença para três pontos, mas com o saque na rede de Jú Carrijo, o Rio fechou o set em 25/21 e o jogo em 3 sets a 0.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.