Header Ads

Sesi faz grande partida e vence Taubaté pela Superliga






Em reedição do duelo da final do Campeonato Paulista de Vôlei deste ano, o Sesi-SP recebeu o Funvic Taubaté na Vila Leopoldina, em São Paulo, neste sábado (3), pela sétima rodada da Superliga Masculina de Vôlei. Se os taubateanos levaram a melhor no estadual, no duelo de agora o Sesi sobrou em quadra, vencendo por 3 a 0. Com parciais de 25/23, 25/18 e 25/18, os donos da casa ainda tiveram seu atleta Douglas Souza como o melhor do duelo.
Consonante às inúmeras manifestações de apoio e solidariedade às vítimas do acidente envolvendo a delegação da Chapecoense, foi respeitado um minuto de silêncio antes do jogo. A torcida ainda entoou o nome do time catarinense pelas arquibancadas. O líbero Serginho, do Sesi, jogou com uma camisa verde em alusão ao uniforme da Chape, e vai doá-la ao Verdão do Oeste com assinaturas de jogadores do elenco do Sesi.
As equipes chegaram para a partida com campanhas idênticas: cinco vitórias e uma derrota para cada lado. Um triunfo valeria a vice-liderança isolada para qualquer uma das duas, e agora, com 19 pontos, o Sesi ocupa o posto. O Taubaté segue na quinta posição, com 14 pontos, e soma duas derrotas seguidas, já que perdeu na última rodada em casa para o Montes Claros.

Ao som de "Vamos, vamos, Chape!", a bola foi colocada em jogo no duelo paulista. O placar ia registrando ponto a ponto, com as duas equipes forçando o saque, e foi justamente com uma boa sequência nesse fundamento que o Sesi conseguiu abrir 7 a 5. Essa era até então a maior vantagem no jogo, mas o Taubaté logo encostou novamente.
Os donos da casa voltaram a abrir dois pontos. Cooperou com isso uma grande defesa do líbero Serginho, que pegou uma bola no fundo da quadra e deixou para Bruninho levantar com capricho para Théo colocar no chão. Com uma série de grandes defesas, Lucas Lóh buscou a bola para deixar Otávio empatar a partida em 17 a 17, que seguiu com o placar apertado.
Com 24 a 22 para o Sesi, o Taubaté tinha acabado de salvar um set point e Wallace fez um saque estratégico nos donos da casa. O oposto sacou em cima de Murilo, que perdeu o tempo da defesa e até tentou recuperar indo para o ataque, mas a bola não passou da rede. O esforço dos visitantes acabou sendo em vão, porque o Sesi fechou o set em 25 a 23.
O começo do segundo set foi parecido com o do primeiro. Equipes intensas em quadra, disputando o duelo ponto a ponto, com Douglas Souza virando boas bolas para os Sesi e Wallace compensando no lado oposto. Com um bloqueio de Lucas Lóh ao ataque de Theo, o Taubaté virou a partida para 13 a 11. O Sesi voltou a passar à frente com um ace de Murilo, que deixou o jogo em 16 a 15. Depois que Lucas Lóh sacou para fora, os donos da casa chegaram a 20 a 17, sendo esses três pontos a maior diferença no placar até então, desde o início do duelo.
O Sesi se ajustou bem no final do set e de forma mais organizada não facilitou contra-ataques dos visitantes: 22 a 18. Depois disso, Aracaju pegou Wallace no bloqueio e Douglas Souza fez dois pontos de saque, com os comandados de Pacheco fechando o segundo set em 25 a 18.
Depois de dois inícios de set bastante apertados, o Sesi conseguiu abrir 4 a 1 no placar, sendo o seu melhor começo desde o início do jogo. Seguindo à frente, a equipe conseguiu abrir ainda cinco pontos, com 8 a 3. Disputando o último set e vendo o Sesi mais concentrado na partida, o Taubaté tentou logo encostar, onde diminuiu para 11 a 9 com uma bola de meio de Otávio.
Depois de um levantamento na medida de Rapha, Wallace veio do fundo da quadra e soltou um ataque potentíssimo, para continuar com a diferença dos dois pontos: 13 a 11 para o Sesi. Com dois pontos de saque seguidos de Douglas Souza, no entanto, os donos da casa voltaram a disparar no placar, em que fizeram 17 a 12. No lance seguinte, Serginho defendeu, a bola bateu em Aracaju e passou para a quadra do Taubaté. Rapha levantou para Wallace, que mandou para fora e viu o Sesi ampliar a distância em 18 a 12.
O Taubaté seguia sem conseguir frear o final de set avassalador do Sesi. Lucarelli atacou na paralela, mandando a bola para fora, e no ponto seguinte Lucão foi oportunista ao disputar bem a bola no alto da rede e fazer 21 a 14 para o time de Pacheco. Com 23 a 17 no placar, Otávio pisou na linha e "queimou" o saque, deixando o Sesi com o ponto do jogo. O Taubaté ainda salvou um match point, mas com um ataque para fora de Wallace, os donos da casa concluíram o último set em 25 a 18.
O próximo jogo do Sesi é contra o líder Sada Cruzeiro, único invicto da competição com 21 pontos, no dia 10 de dezembro, às 14h10, novamente em casa. Se os paulistas vencerem, chegam à liderança da Superliga, mas para isso precisam torcer para uma derrota dos mineiros na rodada do dia 7 de dezembro para o Montes Claros (a partida do Sesi nessa rodada foi adiada para o dia 14). Já o Taubaté visita o São Bernardo no dia 7 de dezembro, às 19h30.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.