Header Ads

Brasília Vôlei se impõe e vence o Sesi-SP fora de casa




 Sesi-SP x Brasília Vôlei (Foto: Divulgação / Sesi-SP)

O Brasília Vôlei foi até São Paulo nesta sexta-feira para enfrentar o Sesi-SP, pela segunda rodada do returno da Superliga feminina. Mesmo desfalcado de Paula Pequeno e Roberta, o time candango venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/16, 25/18, 16/25 e 25/21. O resultado mantém o Brasília na quarta colocação da tabela, com 27 pontos - dois a menos que o terceiro colocado, Praia Clube. Com 18 pontos anotados, Vivian foi eleita a melhor em quadra.

O técnico Anderson Rodrigues não pôde contar com a dupla Roberta (dores no joelho direito) e Paula Pequeno (lesão na coxa direita). As substitutas foram Mari Helen na ponta e Lari no meio de rede. O restante do time escalado por Anderson foi o mesmo que vem atuando com frequência no campeonato: Andréia (oposta), Vivian (meio de rede), Amanda (ponta), Macrís (levantamento) e Silvana (líbero).

O jogo começou equilibrado, com as mandantes na frente do marcador nos dez pontos iniciais. Após ajustar a relação saque e bloqueio, o Brasília passou a frente no primeiro set e a partir daí não deixou o período escapar, ampliando e administrando o marcador até o fim, fechando em 16/25.

O segundo set também foi tranquilo. Com bons saques e bolas rápidas de Macrís pelo meio com Vivian, o Brasília foi construindo rapidamente a vantagem (2/5). Após bloqueio de Ju Mello, as paulistas empataram (6/6). Lari foi para o saque e emendou uma boa sequência de saques, quebrando a recepção das mandantes. Assim o placar foi sendo construído a favor do time de Macrís, que concluiu o set com tranquilidade em 18/25 após bloqueio de Vivian no ataque de Amábile.

No terceiro set o rendimento do Brasília Vôlei diminuiu e o Sesi-SP se aproveitou disso. Com Sabrina no lugar de Mari e Ana Guth no lugar de Larissa, Anderson optou por dar rodagem à equipe, mas a falta de entrosamento influenciou, permitindo com que as mandantes crescessem, colocando oito pontos de vantagem (16/8). O Brasília não conseguiu voltar para o jogo e acabou perdendo a parcial por 25/16.

Para garantir os três pontos, o time de Anderson voltou melhor para o quarto set e tratou de voltar ao ritmo dos dois primeiros sets. Macrís fez um ace logo no primeiro ponto, para dar gás às companheiras. O Sesi equilibrou e empatou em 9/9. Depois do empate o Brasília voltou a crescer e no saque de Vivian a vantagem foi estabelecida em 13/16. O Sesi-SP não teve poder de reação e o jogo acabou em 21/25, garantindo os três pontos para o grupo da capital federal.

- O time do Sesi-SP é jovem, mas muito talentoso. Sabíamos que qualquer mole que a gente desse aconteceria o que ocorreu no terceiro set, mas no quarto set aumentamos a concentração para não permitir que isso se repetisse. Foi uma vitória importante, mas o destaque é de todas - comemorou Vivian Pellegrino, a melhor em quadra.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.