Header Ads

>

Praia Clube bate o Vôlei Bauru e continua em 3º na Superliga





A segunda rodada do returno da Superliga Feminina de Vôlei, temporada 2016/2017, colocou frente a frente o Genter Vôlei Bauru (SP), 5º colocado até o início da rodada, e o Dentil/Praia Clube (MG), 3º colocado na tabela de classificação. O jogo ocorreu no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru, no interior paulista, e as visitantes de Uberlândia não se importaram com a pressão da torcida e venceram por 3 sets a 0 (25-21 / 28-26 / 25-14), repetindo o placar do primeiro turno. A partida, transmitida ao vivo pela RedeTV!, teve o comando de Marcelo do Ó e Fernando Navarro. Os comentários foram feitos por três feras medalhistas olímpicas; William Carvalho, Ana Moser e Erika Coimbra. As reportagens ficaram por conta de João Paulo Vergueiro. 
O embate opôs grandes estrelas do vôlei mundial. O time de São Paulo montou um plantel competitivo, com Mari Steinbrecher, Brenda Castillo e Thaisinha, entre outras. O time mineiro, atual vice-campeão da Superliga, conta com atletas vitoriosas, como Fabizona, Walewska, Michelle, a norte-americana Alix e a cubana Ramirez, além das promissoras Claudinha e Tássia, que podem aparecer em futuras convocações da seleção brasileira.  
No primeiro set, o time mineiro mostrou que foi a Bauru em busca dos três pontos e com um jogo muito consistente foi abrindo frente no placar. O Dentil/Praia Clube chegou a abrir seis pontos (20 a 14), até que o Genter Vôlei Bauru entrou no jogo e tentou reagir, mas já era tarde e a parcial terminou em 25 a 21 depois de um ataque de meio da central Fabizona.
O segundo set foi muito equilibrado e as duas líberos deram show em quadra. Castillo e Tássia ajudaram a parcial a brindar os espectadores com grandes ralis. De uma lado Mari e Thaisinha brilhavam, do outro, Alix e Ramirez chamavam a responsabilidade. A equipe paulista sacou melhor e conseguiu neutralizar durante boa parte do set as centrais Fabizona e Walewska. A parcial foi equilibrada do começo ao fim, mas o time de Bauru pecava na hora de decidir as jogadas e o bloqueio mineiro conseguiu fazer a diferença na reta final. Os erros em contra-ataques custaram caro ao time do Genter Vôlei Bauru e, com um ataque da norte-americana Alix pela entrada de rede, o Dentil/Praia Clube levou a melhor, fechando em 28 a 26. 
A equipe de Bauru começou o terceiro set ciente de que precisava vencer a qualquer custo, mas a derrota na segunda parcial abalou as meninas do interior paulista. Com um excelente trabalho no sistema defensivo, o Dentil/Praia Clube abriu quatro pontos rapidamente, fazendo 10 a 6. O Genter Vôlei Bauru esboçou uma reação, encostou em 10 a 9, mas tocando em praticamente todas as bolas na defesa, o time mineiro foi tirando do jogo as atacantes paulistas. O técnico Marcos Kwiek ainda tentou mudar o ânimo de sua equipe, colocando Rivera no lugar de Thaisinha, mas a mudança não surtiu efeito. Mari e Dayse não conseguiram vencer o forte bloqueio mineiro e, sem muitas dificuldades, o Dentil/Praia Clube fechou a partida com um ponto de saque da levantadora Claudinha em 25 a 14.  
A norte-americana Alix ganhou o troféu VivaVôlei como melhor jogadora da partida e falou sobre o jogo com o repórter João Paulo Vergueiro, misturando declarações em inglês e em português: "É muito bom estar de volta", disse em referência às seis semanas em que ficou afastada em virtude de uma lesão. "Foi muito importante, a gente treinou muito contra o ataque delas, a gente estudou muito. Estamos melhorando a cada dia". A atleta confessou que não se sentiu muito confortável dentro de quadra, apesar da boa atuação: "Eu me sinto muito cansada ainda, voltei uma semana atrás e fiquei fora da quadra seis semanas, então preciso melhorar mais".
(A norte-americana Alix foi o destaque da partida - Imagem: CBV)
Outra atleta que falou sobre a vitória foi a levantadora Claudinha. Ela comentou, ainda, sobre a chance de defender a seleção brasileira: "É o sonho de qualquer atleta. A gente trabalha, treina, joga, pra melhorar cada dia. É uma consequência. Se eu for convocada vou ficar muito feliz, se não for vou continuar torcendo pela seleção". 
A ponteira Michelle Pavão analisou o desempenho da equipe e falou sobre as metas a serem alcançadas: "Hoje a equipe cumpriu com o objetivo, que era conquistar os três pontos, mas a gente sabia que seria um jogo muito difícil. Nosso objetivo é fazer um returno melhor". 
O técnico do time mineiro, Ricardo Picinin, celebrou o crescimento da equipe e deixou claro que espera mais ainda de suas comandadas: "No primeiro turno a gente sofreu com algumas lesões, mas a nossa sorte é que nós temos um grupo forte. Conseguimos fazer um turno bom, não foi o que a gente esperava, mas foi bom". Ele ainda observou: "Essa folga de Natal e Ano Novo a gente fez de treinamentos e recuperação. É um grupo trabalhador, que treina muito e vai conseguir os objetivos". O técnico ainda revelou que, apesar de ter ganho o troféu de melhor da partida, a norte-americana Alix decidiu oferecê-lo à líbero Tássia, que teve uma atuação impecável. Picinin elogiou o espírito coletivo de sua equipe: "Essa é uma virtude do nosso grupo, trabalha uma pela outra. É um dos fatores que fazem um grupo forte". A líbero Tássia, por sua vez, fez questão de dizer que o prêmio é coletivo: "O troféu é de toda a equipe, todo mundo jogou super bem".
O Genter Vôlei Bauru volta a jogar pela Superliga somente no dia 19/1, às 21h55, em um confronto duríssimo diante do líder da competição, o Rexona Sesc (RJ), no Rio de Janeiro. Já o Dentil/Praia Clube recebe em Uberlância, no dia 20/1, às 19h30, o time do São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP). Antes disso, entretanto, as duas equipes voltam a se enfrentar, dessa vez pela Copa do Brasil, em 17/1, às 20h, na cidade de Marília (SP).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.