Header Ads

Zé Roberto volta a criticar ranking da Superliga feminina




O técnico José Roberto Guimarães mostrou sua insatisfação com o sistema de ranqueamento adotado para as equipes da Superliga feminina de vôlei. Para ele, a limitação imposta para a formação dos times impede a disputa com grandes agremiações mundiais. 

De acordo com o regulamento da competição, as atletas são pontuadas de 1 a 7, e cada elenco deve ser formado com no máximo 43 pontos. Isso é uma forma de trazer equilíbrio entre os times durante a temporada da Superliga.

Para completar, apenas duas jogadoras de nível máximo, sete, podem atuar na mesma equipe. Para Guimarães, esse é um dos motivos pelos quais os times femininos brasileiros não conseguem se equiparar aos melhores europeus.

"Sou contra o ranqueamento. Desde o começo. Eu não posso concordar, porque no masculino é totalmente diferente. Você pode ter três de sete pontos, por isso o Cruzeiro chega para o título mundial. No feminino, só com duas de sete, não vai brigar nunca lá fora. Perdemos para nós mesmos", argumentou o técnico, na última segunda-feira, em evento de um novo patrocinador das Seleções de vôlei.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.