Header Ads

Rexona Sesc mede forças com o Pinheiros antes do Sul Americano




 
O caminho até aqui aparece sem sustos. Soberano na Superliga, o Rio de Janeiro tem mais um desafio pela frente nesta sexta-feira. Às 19h30, no ginásio do Tijuca, a equipe encara o perigoso Pinheiros, que já surpreendeu favoritos, como o Osasco. Em primeiro lugar, a equipe do técnico Bernardinho tenta somar mais uma vitória antes de voltar as atenções para o Sul-Americano, que será disputado na próxima semana, nas cidades de Uberlândia e Uberaba, em Minas Gerais.
O Rio aparece em primeiro lugar na tabela da Superliga, com 48 pontos. Na última quarta-feira, venceu o Rio do Sul com tranquilidade, por 3 sets a 0, também no Tijuca. Em oitavo na tabela, o Pinheiros, por sua vez, vem de derrota para o Praia Clube, que também estará no Sul-Americano. Destaque do time carioca até aqui, Gabi alerta para os perigos das rivais paulistas.
- Nós sabemos a atenção que precisamos ter. Até porque elas vêm jogando muito bem. O bloqueio delas é muito pesado. Por isso, precisamos errar o mínimo possível. Precisamos sacar bem para que nosso bloqueio funcione. E, quando nosso bloqueio funciona, nós jogamos muito bem
Contra o Rio do Sul, Bernardinho deu chance a jogadoras que pouco atuaram até aqui. Régis, por exemplo. Uma das que estão há mais tempo na equipe, a ponteira também falou da dificuldade de encarar o Pinheiros
- O Pinheiros é sempre um jogo bem pegado. As meninas são bem complicadas, sempre dão trabalho. Não só a nós, mas às outras equipes também, como o Osasco. Mas vamos estar preparadas. Vamos treinar bastante para o jogo – disse Régis.
Com uma equipe jovem, o Pinheiros tem alguns destaques, apesar do oitavo lugar na tabela. As jovens Milka, levantadora, e Ju Paes, líbero, já tiveram chances nas seleções de base, enquanto a central argentina Mimi é referência de sua seleção.
Ingressos
Os ingressos para a partida estão sendo vendidos através do site (clique aqui). Além desta alternativa, os torcedores poderão adquirir entradas nesta sexta, a partir das 17h30, na bilheteria do ginásio do Tijuca Tênis Clube.
Os preços foram definidos em: R$ 20 cadeira e R$15 arquibancada. Estudantes, maiores de 60 anos, jovens de até 21 anos, pessoas portadoras de deficiência, profissionais do ensino público e jovens de 15 a 29 anos inscritos no CadÚnico terão direito a meia entrada mediante comprovação de documentos.
*Colaborou sob a supervisão de João Gabriel Rodrigues

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.