Header Ads

Brasil Kirin vence Montes Claros e está um uma vitória da semi da Superliga







O Vôlei Brasil Kirin mostrou a força do Ginásio do Taquaral e está a um passo da semifinal da Superliga Masculina. Na tarde deste sábado, o time campineiro jogou bem e derrotou Montes Claros, por 3 sets a 0 (25-19; 26-24 e 25-18) e abriu 2 a 0 na série melhor de cinco das quartas-de-final. O central Vini recebeu o troféu Viva Vôlei e foi eleito o melhor em quadra.

Os dois times voltam a se encontrar na próxima quinta-feira (30), às 21h55, novamente no Ginásio do Taquaral, em Campinas. Os comandados do técnico Horacio Dileo precisam de apenas mais uma vitória para garantir a vaga na semifinal, onde enfrentam o vencedor do duelo entre Sada Cruzeiro e Lebes Canoas - os mineiros vencem a série por 2 a 0.

"Tivemos uma grande atuação, fizemos nossa parte, mas ainda temos que conquistar uma vitória. Agora, é descansar a cabeça, estudar para melhorar ainda mais e buscar essa vaga diante nossa torcida. Quinta-feira teremos mais uma batalha", comentou o central Vini.

O jogo - Contagiado pela energia da torcida, o Brasil Kirin não deu chances ao adversário no primeiro set. Logo no início, Temponi encaixou boa sequência de saque, com direito a ace, e os campineiros abriram vantagem após bloqueio de Vini (6 a 3). O central, aliás, estava em tarde inspirada também no serviço, ampliando a diferença e obrigando o adversário a pedir tempo (8 a 4). Mesmo com a paralisação, os donos da casa seguiram em cima e foram crescendo com ataque afiado e blocks seguidos de Vini e Rivaldo (15 a 8). No final, mesmo com a tentativa de reação mineira, os donos do Taquaral coroaram a boa atuação com ace de Maurício Souza e fecharam a primeira parcial: 25 a 19.

O segundo set foi de superação para o Vôlei Brasil Kirin. Montes Claros voltou mais ligado e conseguiu abrir boa vantagem, aproveitando a desconcentração campineira. A reação dos comandados do técnico Horacio Dileo veio com bom desempenho do bloqueio. Após toco de Vini, a desvantagem diminuiu para apenas três pontos (14 a 11). Com a inversão do 5-1 e grande desempenho do sistema defensivo, os donos da casa empataram e conseguiram a virada em contra-ataques seguidos de Temponi (21 a 20). Em seguida, Rodriguinho e Vini encaixaram lindos bloqueios simples e levantaram o Taquaral, mantendo boa vantagem (23 a 21). Os mineiros, contudo, conseguiram reagir e empataram (24 a 24). Em meio a tensão, Rodriguinho reduziu a força no saque, marcou ace e fez os donos da casa abrirem 2 a 0: 26 a 24.

Embalado pelo final da parcial anterior, o Vôlei Brasil Kirin voltou com tudo no terceiro set e abriu logo 4 a 0 no marcador, obrigando o adversário a pedir tempo. Errando pouco e concentrado na virada de bola, os donos da casa não deram qualquer chance de reação para o adversário e foram ampliando a frente. Maurício Souza, em outra grande partida, marcou dois aces seguidos e abriu caminho para a vitória com tranquilidade (14 a 7). Após erro de ataque de Montes Claros, o time campineiro fechou o jogo após fazer 25 a 17 e foi comemorar ao lado da torcida.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.