Header Ads

SESC-RJ e APAN/Barão/Blumenau avançam para as semifinais da Superliga B




A segunda rodada das quartas de final da Superliga B 2017 definiu três dos quatro semifinalistas. Depois de o Jaó/Universo (GO) carimbar a passagem à próxima fase já na última sexta-feira (24.03). Este sábado (25.03) foi o dia do SESC-RJ e do APAN/Barão/Blumenau (SC) também garantirem um lugar junto ao clube goiano. Apenas o confronto entre Botafogo (RJ) e Upis (DF) segue indefinido.

O SESC-RJ garantiu a vaga na semifinal com a segunda vitória consecutiva contra o Uberlândia Gabarito (MG). Desta vez, jogando no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ), o time carioca levou fez 3 sets a 0 (25/16, 25/17 e 25/10), em 1h03, e fechou a série em 2x0. O ponteiro Juninho comparou a atuação da equipe nas duas partidas e se mostrou confiante para a sequência do campeonato.

"Os dois jogos destes playoffs foram bem diferentes. O primeiro, por ter sido fora de casa, a gente não ficou muito à vontade como aqui. Com o nível de jogadores que temos isso não pode acontecer. Hoje a partida teve a nossa cara, com pressão no saque e no ataque. E será assim até a final", contou Juninho.

O adversário do SESC-RJ na próxima fase sai do confronto entre Botafogo (RJ) e Upis (DF). Na partida inicial o time de Brasília venceu no tiebreak. Neste sábado, o duelo foi na sede de General Severiano, e o alvinegro conseguiu a recuperação ao bater os visitantes por 3 sets a 0 (25/22, 25/15 e 25/17). A terceira e decisiva rodada deste duelo será nesta segunda-feira (27.03), às 19h30, novamente na casa do Botafogo.

Já a outra chave semifinal está definida, e será entre Jaó/Universo e APAN/Barão/Blumenau. O clube catarinense conseguiu uma virada fora de casa para fechar a série contra o ASPMA/Araucária/Berneck (PR). O Blumenau venceu os rivais paranaenses por 3 sets a 2 (20/25, 19/25, 25/23, 25/20 e 17/15), em 2h16 de jogo no Parque Cachoeira, em Araucária (PR). O técnico André Donega elogiou a postura dos atletas que conseguiram reverter o começo difícil na temporada.

"Nós somos uma equipe que tem material humano com muita vontade de evoluir. Começamos com dificuldades, mas conseguimos reconquistar o foco. Este resultado é muito importante para que estes jovens atletas que estão conosco continuem a acreditar no nosso projeto", disse Donega.

Na sexta-feira o Jaó/Universo (GO) foi o primeiro a conseguir classificação nas semifinais ao vencer o clássico goiano contra o Alfa/Monte Cristo/Teuto (GO), em Goiânia (GO), para encerrar a série em 2x0.

As semifinais da competição, assim como acontece com as quartas de final, serão realizadas em série de melhor de três com as equipes mais bem classificadas na fase regular em vantagem e decidindo a disputa em casa. A decisão será na sede do finalista de melhor campanha no dia 15 de abril.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.