Header Ads

>

CBV divulga seleção da Superliga com Tandara e Hooker





A festa do título foi feita no último domingo. Mas, campeão da Superliga feminina, o Rio de Janeiro não contou com nenhuma representante na seleção da competição. A lista foi divulgada nesta terça-feira pela Confederação Brasileira de Vôlei. Os critérios foram baseados nas estatísticas oficiais do campeonato.
Macris, do Brasília, fechou a competição como melhor levantadora. As centrais Mara, do Minas, e Roberta, do Brasília, foram as melhores da posição. Tandara, do Osasco e Craque da Galera em votação popular, e Alix, do Praia, superaram as rivais e terminaram como as principais ponteiras. Melhor atacante, Destinee Hooker foi a melhor oposta, enquanto Tássia, do Praia Clube e que vai disputar o Mundial pelo Osasco, foi a líbero com melhores números.
Tandara foi a jogadora mais premiada da Superliga feminina 2016/2017 (Foto: André Durão)
  
As definições são baseadas nas estatísticas. Desta forma, Macris foi a melhor no levantamento, e a americana Hooker, a mais eficiente no ataque. Entre as centrais, Mara foi a primeira no bloqueio, e Roberta, a segunda.
A ponteira Tandara foi a primeira no saque e a segunda no ataque, enquanto a sua companheira de posição, a americana Alix foi a terceira no ataque. A líbero Tássia foi a primeira na recepção e a terceira na defesa.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.