Header Ads

>

Thaísa passará por cirurgia no joelho e ficará afastada por 6 meses






A central Thaísa ficará cerca de seis meses afastada do vôlei. Bicampeã olímpica, a jogadora de 30 anos será submetida a uma cirurgia no joelho esquerdo no próximo dia 6 de junho para corrigir uma lesão na cartilagem e no menisco sofrida ainda em janeiro e só deverá voltar ao vôlei em 2018.

"Como a cartilagem está bastante machucada, tanto na parte do fêmur quanto da tíbia, será necessário fazer um transplante. Não é uma coisa simples. Na minha primeira lesão, em janeiro, um pedaço do menisco se soltou. Irão suturar e tentar preservar o máximo que puderem", explicou Thaísa. "No primeiro mês, terei que ficar de repouso total para não correr qualquer risco. Será um cuidado redobrado na minha recuperação. A lesão na cartilagem é uma das piores para um atleta."

A central revelou que vinha sentindo muitas dores no local, fruto da lesão no início do ano. Como já estava afastada das quadras, graças a uma grave contusão no ligamento lateral do tornozelo direito sofrida ainda no início de abril, ela decidiu aproveitar para finalmente passar pela cirurgia no joelho.

No ano passado, Thaísa chegou a operar os dois joelhos, mas ela própria admite que tais procedimentos foram mais simples. "Era uma lesão grave, mas eu decidi parar e fazer a cirurgia. O tendão estava quase rompendo, estava com muita dor, mas, ao mesmo tempo, era mais simples. A recuperação nesse caso é mais rápida e eu tive tempo de escolher parar antes de ter uma lesão total. Foi uma escolha. Agora, não tive opção."

Thaísa será operada em São Paulo, onde já está desde o dia 16 de abril para tratar da lesão no tornozelo. Ela vinha trabalhando com o fisioterapeuta Fernando Fernandes e realizando trabalhos físicos com a seleção brasileira em Barueri, mas agora terá que se afastar totalmente das atividades.

Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.