Header Ads

>

Evandro desfalca o Brasil na Liga Mundial de vôlei




Evandro foi cortado da seleção brasileira

O Brasil terá mais um desfalque para a fase final da Liga Mundial de vôlei. Após perder Lipe, a seleção brasileira teve a notícia nesta sexta-feira que também não poderá contar com Evandro. O oposto teve constatada uma trombose no antebraço direito depois de realizar exames no Rio de Janeiro e não poderá defender o seu país.

Fisioterapeuta da seleção, Matheus Cardoso acompanhou o procedimento e explicou a situação do atleta. "O Evandro fez um trombo no ante-braço direito que obstruiu parte da artéria ulnar. Não é uma lesão grave, ele foi orientado a manter as atividades físicas, só que sem nenhum impacto na região onde está com a obstrução, tendo, assim, que ficar sem contato nenhum com bola", declarou.

Com a lesão de Evandro, Renan Buiatti seguirá sendo um dos opostos do time ao lado de Wallace. Técnico da seleção, Renan Dal Zotto lamentou a lesão, mas mostrou confiança no substituto.

"É uma fatalidade que lamentamos muito. O Evandro faz uma falta incrível a qualquer equipe e, já na primeira etapa desta Liga Mundial, demonstrou ser um dos melhores opostos do mundo. Mas, vamos contar com o Renan Buiatti para essa Fase Final. Ele esteve conosco nas três primeiras etapas, na Itália, na Bulgária e na Argentina, teve a oportunidade de jogar, e está totalmente ambientado e adaptado à seleção brasileira", projetou.

Fora da sequência da Liga Mundial, Evandro lamentou a lesão que o tirou da seleção. "Estou realmente triste de não estar com a seleção em jogos tão importantes como estes da fase final da Liga Mundial, em um ano pós-olímpico. Também fico muito chateado por não poder ajudar o Renan Dal Zotto nesse primeiro campeonato dele. Gosto muito do Renan como treinador e como pessoa e gostaria de estar ali para fazer o meu melhor. Não é nada grave, mas infelizmente nesse próximo mês não posso ter contato nenhum com bola", completou.

A fase final da Liga Mundial ocorrerá no próximo mês de julho, na Arena da Baixada, em Curitiba-PR. O Brasil estreia no dia 4, enfrentando o Canadá, e ainda mede forças com a Rússia na primeira fase. A competição ainda tem a presença de Sérvia, Estados Unidos e França.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.