Header Ads

>

Seleção Brasileira de vôlei supera novamente a República Dominicana





Seleção Brasileira vai para Montreux com 100% de aproveitamento. Na Arena Guilherme Paraense, em Belém (PA), o Brasil repetiu o placar de 3 sets a 1(25/13, 17/25, 25/23 e 24/14) contra a República Dominicana. Agora as meninas embarcam para a Suíça onde enfrentam a Polônia, no dia seis de junho, próxima terça-feira.

O primeiro set foi o melhor da Seleção Brasileira nos dois amistosos. Envolvente e com poucos erros - apenas três - as meninas anularam as principais jogadas da equipe adversária, que cometeu seis erros e converteu apenas oito pontos de ataque, contra 15 do Brasil. Até o bloqueio, principal falha do time verde e amarelo, funcionou, com o 25º ponto vindo neste fundamento.

Com o final do primeiro período, tinha-se a impressão de que, diferentemente dom primeiro amistoso, a Seleção conquistaria uma vitória tranquilo. Contudo, no segundo set, o Brasil começou a apresentar grandes falhas na recepção, que culminaram numa piora nos levantamentos e ataques. A República Dominicana cresceu na partida e deixou tudo igual. O time canarinho somou nove erros contra seis das dominicanas.

Já o terceiro set foi muito equilibrado, com as equipes alternando na liderança do marcador. Na reta final, as dominicanas abriram uma vantagem confortável e estavam próximas de virar a partida. Contudo, a chegada de Amanda, de 21 anos, no saque brasileiro mudou o rumo do set e deixou a equipe verde e amarela com 2 a 1.

No último set da partida, o Brasil recuperou o bom vôlei apresentado no início do confronto e não teve grandes dificuldades para manter a invencibilidade na temporada.

Durante todo o confronto, o principal fundamento da Seleção Brasileira foi o saque. Forte e eficiente, este recurso mostra-se uma arma relevante a ser explorada por José Roberto Guimarães no decorrer da temporada. Diferentemente do jogo de terça, as alterações do comandante foram mais efetivas e conseguiram alterar o rumo dos sets em alguns momentos.

A partida também foi marcada por uma grande rotação do elenco. Inicialmente com Léia (líbero) e Rosamaria (oposta) nos lugares de Suelen e Drucylla, o time, no set final, contou com as duas novamente no time titular. Fernanda Tomé, Naiane, Mara e Amanda também apareceram no decorrer da partida.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.