Header Ads

>

Canadá vence os Estados Unidos e conquista o terceiro lugar na Liga Mundial







Do segundo grupo (espécie de Série B da Liga Mundial de Vôlei) em 2016, ao inédito pódio em 2017. Canadá fez história na Arena da Baixada. Foto: Divulgação/FIVB

Com o apoio da maioria da torcida, o Canadá venceu de virada os Estados Unidos por 3 sets a 1 (18-25, 25-20, 25-22 e 25-21) e conquistou a inédita terceira colocação na Liga Mundial de Vôlei. Uma arrancada histórica, uma vez que o time canadense, em 2016, venceu uma espécie de Série B da competição, disputando este ano a elite, chegando entre os seis melhores e subindo ao pódio.
Desde o começo, assim como já foi na semifinal, contra a França, o Canadá levantava a torcida em belas jogadas. Mas no primeiro set os Estados Unidos estiveram à frente do placar desde o início e venceram rapidamente, em apenas 18 minutos, por 25-18.
Já o segundo set começou a reação, com o Canadá mudando sua postura e surpreendendo o adversário, que parecia ter relaxado em quadra. Chegou a abrir 10-6, mas após um desafio vencido, os americanos acordaram pro jogo. Ainda assim, os canadenses não se intimidaram e com a defesa se destacando, proporcionando emocionantes rallys, fecharam em 25-20.
Duelo foi equilibrado, mas o Canadá levou a melhor sobre os Estados Unidos. Foto: Divulgação/FIVB

No terceiro set o Canadá seguiu conquistando pontos graças à defesa, mas o fato de ter aberto vantagem logo no começo facilitou. Sempre se mantendo com três pontos à frente, o time encaminhou a virada ao vencer por 25-22.
Para evitar a derrota, e consequentemente a perda do terceiro lugar, no quarto set foi a vez dos Estados Unidos mudarem a estratégia, com ataques mais precisos. Porém, o duelo seguiu equilibrado e disputado ponto a ponto, até que os canadenses voltaram a fazer da defesa o seu ponto forte. Salvando bolas impossíveis, o Canadá abriu vantagem na reta final e levou o terceiro set por 25-21, faturando, assim, a medalha de bronze.
Como consolo, os Estados Unidos tiveram os dois maiores pontuadores do jogo, Taylor Sander e David Smith, com 14 pontos cada um, seguidos pelo canadense John Gordon Perrin, com 13.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.