Header Ads

>

O que o Brasil precisa para ir às Finais do Grand Prix




Seleção brasileira feminina está a um passo da classificação para a fase final do Grand Prix (Foto: Divulgação / Fivb)
Após início irregular, a seleção brasileira feminina está perto de mais uma classificação para a Fase Final do Grand Prix. Embalada após abrir a etapa de Cuiabá, esta semana, com vitórias sobre Bélgica e Holanda, o renovado time do técnico José Roberto Guimarães está a um passo de garantir a vaga. Que pode vir em dois diferentes cenários: com novo triunfo no último jogo, diante do forte time dos Estados Unidos, ou com derrotas dos rivais diretos na briga, mais especificamente, o Japão.
Maior vencedor da história do Grand Prix, o Brasil busca o 12º troféu. Mas sem nomes de peso como Sheilla e Fabiana, que anunciaram aposentadoria da seleção, ou Gabi e Thaísa, machucadas, a nova equipe liderada por Natália, Tandara e Adenízia tem como principal objetivo no momento evitar uma eliminação precoce. A última vez que o Brasil ficou fora da Fase Final do Grand Prix foi em 2003, ainda antes do início da Era Zé Roberto. De lá para cá, foram oito títulos do torneio e outros três vice-campeonatos.
Para ir às Finais, marcadas para entre os dias 2 e 6 de agosto, na China, é preciso ficar entre as cinco melhores seleções ao fim da fase de classificação - a sexta vaga é do país anfitrião.
Faltando apenas uma rodada, o Brasil ocupa exatamente a quinta posição, com cinco vitórias, três derrotas e 15 pontos somados. Pelas regras do Grand Prix, a ordem de classificação é feita pelo número de vitórias. Em caso de empate neste critério, vale o número de pontos somados - vitórias por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1, valem três pontos, quando o placar termina em 3 a 2, são dois pontos para o time vencedor e um para o perdedor.
Classificação do Grand Prix
Posição Vitórias Derrotas Pontos
1º Sérvia 6 2 19
2º Estados Unidos 6 2 19
3º Itália 6 2 16
4º Holanda 5 3 15
5º Brasil 5 3 15
6º China 5 3 13
7º Japão 5 3 11
8º Rep. Dominicana 4 4 11
9º Rússia 3 5 12
10º Tailândia 2 6 8
11º Turquia 1 7 4
12º Bélgica 0 8 1
*Vitória por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1 valem três pontos
*Em caso de 3 sets a 2, o time vencedor leva dois pontos e o perdedor um ponto
A boa notícia para a seleção é que, para garantir presença na Fase Final, depende apenas das próprias forças. Uma vitória contra o já classificado Estados Unidos no domingo, assegura ao time brasileiro ao menos o quinto lugar. Neste cenário, a única seleção que ainda poderia passar o Brasil seria a China, que já tem vaga.
Já em caso de derrota para as americanas, o Brasil passaria a correr risco. Também com cinco vitórias e três derrotas, o Japão é o único rival que ainda ameaça. Apesar de não poder mais alcançar as brasileiras em número de pontos, as japonesas ainda podem terminar com uma vitória a mais, que é o primeiro critério. Para isso, as asiáticas precisam vencer seu último confronto, diante da eliminada Rússia, na madrugada deste domingo, pela etapa de Hong Kong, e ainda torcerem pelo tropeço do Brasil. Derrota das japonesas automaticamente classificaria a seleção brasileira.
Há ainda um terceiro cenário que poderia dar a vaga ao Brasil em caso de derrota para os EUA, mas é uma possibilidade mais remota. Mesmo se ultrapassadas pelas japonesas, as brasileiras ainda poderiam ficar entre as cinco primeiras seleções caso somassem um ponto contra as americanas - derrota por 3 sets a 2 -, e a Holanda não somasse nenhum diante da Bélgica - derrota por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1. O problema é que as bélgas são as lanternas da competição e ainda não venceram nenhum jogo no Grand Prix. Holanda e Bélgica se enfrentam na última partida da fase de classificação, que será também em Cuiabá, no domingo, logo depois de Brasil x Estados Unidos.
A partida contra as americanas está marcada para a manhã deste domingo, às 10h10 (de Brasília), no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá. A TV Globo, o SporTV 2 e o GloboEsporte.com transmitem ao vivo.
Os jogos da última rodada do Grand Prix
2h15 - Japão x Rússia (Hong Kong)
4h45 - China x Sérvia (Hong Kong)
5h - República Dominicana x Turquia (Bangcoc)
8h - Tailândia x Itália (Bangcoc)
10h10 - Brasil x Estados Unidos (Cuiabá)
12h15 - Bélgica x Holanda (Cuiabá)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.