Header Ads

>

Natalia fala da importância das 12 jogadoras no titulo






Um novo ciclo, com apenas três campeões olímpicas - Adenízia, Tandara e Natália. Um time que nunca havia jogado junto. A eliminação bateu na porta duas vezes, mas o Brasil sobreviveu. E mostrou que essa nova geração pode ser tão vitoriosa quanto as anteriores. Neste domingo, em uma final emocionante contra uma renovada Itália, o Brasil sofreu, se superou e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 26/24; 25/17; 25/22, 22/25 e 15/8. É o 12º título do país na história do Grand Prix.
Natalia falou sobre o titulo:
- A gente veio devagar e acabou chegando. Cada dia é um dia e fomos felizes. Não foram seis, não foram sete. Foram as 12 que jogaram muito bem e resolveram o problema. Estou muito feliz - disse Natália.
A seleção brasileira sofreu para passar da primeira fase. Bem inconstante, só foi conseguir a vaga entre as seis melhores equipes ao vencer os três jogos do último quadrangular, disputados em Cuiabá (MT). Na fase final, o time começou com derrota por 3 a 0 para a China, depois bateu a Holanda, de virada, no tie-break e teve que torcer na última rodada. As asiáticas precisavam passar pelas holandesas. Foi no sufoco, saindo de 10 a 14 no tie-break, salvando quatro match points, para garantir o Brasil na semi. Veio então uma vitória maiúscula sobre a Sérvia e a vaga na final.

Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.