Header Ads

>

Tandara destaca a raça da equipe






Neste domingo, em uma final emocionante contra uma renovada Itália, o Brasil sofreu, se superou e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 26/24; 25/17; 25/22, 22/25 e 15/8. É o 12º título do país na história do Grand Prix
O Brasil sofreu com a jovem Paola Egonu, de apenas 18 anos. A italiana fez 29 pontos na partida. Mas sentiu a pressão dos momentos mais decisivos da partida. Já o Brasil teve nas experientes Natália (22 pontos) e Tandara (22 pontos) a base nos momentos mais difíceis da partida.
- A equipe teve atitude. Sabíamos que não seria fácil. Tivemos altos e baixos, mas jogamos com muita raça. Estou muito feliz. Um beijo para todo o Brasil - disse Tandara.

A eliminação bateu na porta duas vezes, mas o Brasil sobreviveu. E mostrou que essa nova geração pode ser tão vitoriosa quanto as anteriores.


Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.