Header Ads

>

Larissa, Evandro e Álvaro Filho vencem prêmios individuais do Circuito Mundial




Larissa, Evandro e Álvaro Filho vencem prêmios individuais do Circuito Mundial de Vôlei de Praia Divulgação/FIVB
Foto: Divulgação / FIVB  
O Brasil conquistou quatro premiações na lista de melhores jogadores da temporada 2017 do Circuito Mundial de vôlei de praia. O paraibano Álvaro Filho foi eleito "esportista do ano", o carioca Evandro foi o dono do melhor saque, e a capixaba Larissa venceu os prêmios de melhor levantadora e jogadora ofensiva do calendário internacional.
Os prêmios foram divulgados nesta terça-feira, pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB). A escolha é feita pelos próprios atletas do tour, além de treinadores, árbitros e diretores da entidade. Evandro comemorou receber o prêmio de melhor saque pela terceira temporada consecutiva e comentou sobre o processo de evolução do fundamento.
Leia mais
Isaquias é bronze no Mundial de Canoagem
Incêndio no Velódromo adia Brasileiro de ciclismo de pista

– Fico muito feliz em ser reconhecido pelos outros atletas pela terceira temporada seguida. Mas isso é um mérito de toda a minha equipe, todos que fazem parte da comissão técnica. Eles cobram e orientam, é algo que trabalhamos muito para que seja um ponto de desequilíbrio, então tenho que agradecer demais a eles – comentou Evandro.
O atleta de 2.10m utilizou os saques em um momento especial na temporada. Na final do Campeonato Mundial, anotou três aces seguidos para virar um set. O carioca acredita que o fato de ter anotado 43 aces no maior torneio do ano contribuiu para o prêmio.
– É algo atípico e aquele desempenho se tornou marcante, fico feliz por tudo isso. Só tenho a agradecer ao meu parceiro, por me dar tranquilidade para buscar um bom saque, aos meus familiares, por apoiarem sempre, e minha comissão técnica – encerrou Evandro.
Larissa também se manteve `dona¿ de dois fundamentos nos últimos anos. Ela venceu como melhor levantadora pela décima vez (2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2014, 2016 e 2017), e foi apontada como a melhor jogadora ofensiva pelo terceiro ano seguido (2015, 2016 e 2017). A capixaba é a segunda atleta com mais prêmios individuais na história (20), atrás apenas da norte-americana Kerri Walsh (26).
O paraibano Álvaro Filho foi eleito o `esportista do ano¿, prêmio pelo fair play e comportamento dentro e fora de quadra. Os prêmios de melhores jogadores da temporada foram para a alemã campeã olímpica Laura Ludwig e para o norte-americano Phil Dalhausser.
Somando todos os times o Brasil conquistou 24 medalhas na temporada 2017 do Circuito Mundial, sendo 12 de ouro, cinco de prata e sete de bronze. Larissa/Talita (PA/AL) e Evandro/André Stein (RJ/ES) também foram confirmadas na última segunda como campeões da temporada 2017 do Circuito Mundial.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.