Header Ads

>

Evandro e André são campeões da etapa de Itapema




 

Foi um jogo tenso, com muitas alternâncias de placar. Teve set definido por grandes passagens no saque, outro por bloqueios precisos, e um tie-break marcado por ataques potentes. Ao final de três set, a maior regularidade e a força bem aplicada nos golpes de Evandro e André Stein fizeram a diferença para a conquista da etapa de Itapema, a terceira do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 2017/2018. O título veio com vitória sobre Pedro Solberg e George, por 2 sets a 1, parciais de 21/19, 20/22 e 15/13.

- Na última etapa terminamos em quinto, e queríamos muito encerrar com um pódio. Até para coroar todo trabalho desenvolvido. Foi um ano espetacular com títulos do Campeonato Mundial e do Circuito Mundial, então viemos focados. Nunca tínhamos vencido Álvaro e Saymon, fizemos um bom jogo contra Pedro/George, na final, outra partida consistente. Então só posso agradecer. Minha equipe, meu parceiro, família e amigos - disse André Stein.

O terceiro lugar do masculino ficou com Álvaro e Saymon, que derrotaram Vinícius e Luciano por 2 sets a 0 (21/13 e 21/16). Entre as mulheres, Maria Elisa e Carol foram as campeãs. A elite do vôlei de praia nacional só volta a competir no circuito em 2018. A próxima etapa do calendário será apenas no dia 23 de janeiro, em Fortaleza, no Ceará.

Jogo muito equilibrado do início ao fim

O placar do primeiro set refletiu a capacidade das duplas em encaixar grandes saques. Pedro Solberg foi o primeiro a se destacar no fundamento, levando a dupla com George a ter 5 a 1 de vantagem. Os rivais foram diminuindo a distância no placar aos poucos e conseguiram uma arrancada impressionante quando Evandro emplacou um serviço arrasador. Com aces ou pancadas que dificultaram muito a armação adversária, os campeões mundiais viraram para 14/9. A sequência só foi interrompida porque a arbitragem assinalou um pisão do bloqueador carioca na rede.

A emoção cresceu com mais uma passagem importante de Solberg no saque. O filho da ex-jogadora Isabel quebrou a recepção rival e, ainda correndo para bloquear, chegou ao empate em 17 pontos. O placar seguiu parelho daí em diante, mas André Stein, atacando afastado da rede, conseguiu selar a diferença mínima para fechar a parcial: 21/19.

André se destacou no bloqueio e no ataque (Foto: Angélica Luersen/MPIX/CBV)

 

O segundo set começou mais parelho e também apresentou muitas alternâncias no placar. Em bloqueio de Solberg, o terceiro dele no jogo até então, a dupla com George abriu pela primeira vez dois pontos na parcial (6/4). Mas uma nova virada deixou Evandro e André na liderança. A margem chegou a três pontos (10/7), mas foi sendo descontada até Solberg e George, com boa sequência de contra-ataques, retomarem a dianteira e abrirem vantagem. Os dois tiveram dois set points salvos por Evandro e André. Na terceira chance, o bloqueio de André foi para fora, e o empate em sets levou ao tie-break: 22/20.

O set de desempate foi ainda mais disputado e tenso do que os anteriores, com ataques muito potentes de ambos os lados. Em bloqueio de André, o quinto dele na partida, a dupla com Evandro abriu três de vantagem (7/4). O técnico Renato França pediu tempo e seus comandados ensaiaram uma reação, mas não conseguiram tirar toda a diferença. Evandro até desperdiçou um match point ao sacar para fora, e George salvou outro com a sorte de a bola tocar na fita e pingar na quadra adversária. Na virada de bola, Evandro soltou o braço para selar a conquista do título: 15/13.


Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.