Header Ads

>

Nestle Osasco supera o Brasília em show de Tandara




Tandara no jogo do Osasco contra o Brasília (Foto: João Pires / Fotojump)

Depois de perder a invencibilidade na Superliga feminina 2017/18 na terça-feira, o Osasco voltou ao caminho das vitórias nesta sexta. Com o apoio da torcida no ginásio José Liberatti, o time paulista superou o Brasília por 3 sets a 0 - parciais de 25/19, 25/21 e 25/15. Comandada pela campeã olímpica Tandara, a equipe assumiu a vice-liderança da temporada, pelo menos até este sábado, quando o Sesc/Rio de Janeiro entra em quadra contra o Fluminense.

- Ainda cometemos alguns erros, mas nossa virada de bola, o ataque, foi bem melhor. Eu e a Leyva ainda tomamos alguns bloqueios bobos, mas, no geral, conseguimos ser eficientes no sistema ofensivo. A vitória é importante para a nossa autoestima, porque é sempre difícil retomar os treinos após uma derrota. E com esse resultado teremos ainda mais motivação para seguir fazendo um trabalho cada vez melhor - disse Tandara.

A ponteira recebeu o Troféu Viva Vôlei de melhor jogadora em quadra. Ela foi também a maior pontuadora, com 16 acertos, inclusive o ataque que selou o triunfo no terceiro set. Tandara foi a bola de segurança do Osasco quando o Brasília ameaçou igualar a partida, e a campeã olímpica não desapontou. A oposta Paulo Borgo (14 pontos), a levantadora Fabíola e a ponteira peruana Angela Leyva (9 pontos) também se destacaram. Pelo Brasília, a central Aline foi a principal jogadora, com 12 pontos.



Com a vitória, o Osasco se recuperou da derrota de virada diante do Fluminense e assumiu a vice-liderança da Superliga, com 15 pontos, atrás apenas do Praia Clube, invicto com 18 pontos. No entanto, o Sesc/Rio de Janeiro precisa vencer apenas dois sets contra o Fluminense neste sábado para retomar a segunda colocação. O time paulista volta à quadra na terça-feira, às 19h30 (de Brasília), contra o Bauru, fora de casa.

O Brasília, por sua vez, permaneceu na nona posição, com quatro pontos e duas vitórias em seis rodadas. Depois de três derrotas seguidas, o próximo desafio do time é contra as atuais campeãs do Sesc/Rio de Janeiro, na terça, ás 20h, no ginásio do Sesi Taguatinga.

O Osasco foi liderado pela ponteira Angela Leyva no primeiro set. A peruana foi a principal arma de ataque, com largadinhas, pancadões e até ponto de bloqueio. Foi dela também o ponto que fechou o primeiro set em 25/19. O Brasília cresceu na segunda parcial com um bloqueio forte e marcando bem Angela Leyva. Foi quando Tandara, a bola de segurança do Osasco, começou a aparecer mais. A campeã olímpica e os erros do Brasília levaram as anfitriãs à vitória no set: 25/21. O terceiro set foi de domínio do Osasco. Tandara cresceu e selou o triunfo: 25/15.

Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.