Header Ads

>

Sesc RJ bate o Fluminense e segue invicto na Superliga Feminina




   Rio de Janeiro bate o Fluminense e segue invicto na Superliga Feminina
No clássico carioca da rodada, melhor para o Rio de Janeiro. Diante do Fluminense, pela Superliga Feminina, neste sábado, o time de Bernardinho se impôs e venceu por 3 sets a 0, mantendo a invencibilidade no torneio nacional após seis partidas. O jogo foi disputado na Arena Olímpica, e o Rio triunfou com parciais de 25/22, 25/21 e 25/21, dividindo com o Praia Clube e o Osasco a liderança. Já o tricolor perdeu a quarta partida em seis, mantendo o sétimo lugar na tabela. Monique, do Rio, foi eleita a melhor em quadra e levou o troféu VivaVôlei.

Na próxima rodada, o Rio de Janeiro pega o Brasília, fora de casa, na terça-feira, às 20h, no Sesi Taguatinga, no Distrito Federal. Já o Fluminense atua novamente no Rio de Janeiro, no mesmo dia e horário, contra o Barueri, no Ginásio do Hebraica.

O Fluminense começou o jogo melhor, colocou impressionantes 8 a 1 e depois chegou a ter 13 a 9 no set inicial. Mas o Rio de Janeiro tirou ponto por ponto e igualou em 15 a 15 com Drussyla muito bem na equipe de Bernardinho. Mais equilibrado na reta final, o set teve alternâncias no placar e tinha 23 a 22 para o Rio de Janeiro com o tricolor no saque. Monique, usando o corredor, deu o set point para o Rio e depois sacou para fechar em 25 a 22.

No segundo set, o Rio de Janeiro voltou acesso desde o início e colocou 8 a 1 em cima do Fluminense após bloqueio de Mayhara. Errando muito no ataque, o tricolor era dominado. Após pedido de tempo, o Fluminense melhorou e diminuiu para 10 a 5 após saque para fora de Kasiely. Em rali bonito, Drussyla virou e o Rio voltou a colocar boa margem com 13 a 6. Kasiely, acertando o peito de Lara, ampliou ainda mais: 16 a 8. Quando o set parecia decidido, o Fluminense cresceu com Michelle, diminuindo para 18 a 14. O set chegou a ficar em 20 a 17, mas na reta final o Rio se impôs e Drussyla fechou em 25 a 21.

O terceiro set teve o início mais equilibrado. Antes da primeira parcial, Rio e Fluminense empatavam em 7 a 7. Atrás do placar na segunda metade, o Fluminense tentava igualar com Thaisinha aproveitando a rede para diminuir para 16 a 14 o revés. Bernardinho, irritado, pediu tempo e parou o set. Em bloqueio triplo, o Rio de Janeiro colocou 21 a 18 e encaminhou a vitória que mais tarde veio por 25 a 21 e 3 sets a 0.


Livre de vírus. www.avast.com.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.