Header Ads

>

Brasil fica no grupo da Sérvia, no Mundial de Vôlei do Japão





A seleção brasileira feminina de vôlei conheceu na madrugada de ontem os adversários da pri­meira fase do Campeonato Mun­dial de 2018, que será realizado de 29 de setembro a 30 de outu­bro, no Japão. O time comanda­do por José Roberto Guimarães caiu no grupo D, ao lado da Sér­via, atual vice-campeã olímpica.
A equipe terá pela frente ain­da a República Dominicana, Por­to Rico, Cazaquistão e Quênia na primeira fase, a qual jogará na ci­dade de Hamamatsu.
O técnico Zé Roberto acom­panhou o sorteio e comentou sobre a expectativa para o Mun­dial: "É uma competição longa e temos que respeitar todos os adversários. O campeonato exi­ge muito do físico das jogadoras pela quantidade de jogos".
"No nosso grupo, a Sérvia é a atual vice-campeã olímpica e um dos times com o maior po­tencial de ataque do mundo. Elas também têm ótimas bloquea­doras e uma jogadora que dese­quilibra – a Boskovic. A Repúbli­ca Dominicana é treinada pelo Marcos Kwiek e evoluiu muito nos últimos anos com jogado­ras atuando nas melhores ligas do mundo. Porto Rico fez boas apresentações nas últimas tem­poradas chegando nas fases fi­nais do Grand Prix. Vamos estu­dar o Cazaquistão e o Quênia que não enfrentamos no ano passa­do", analisou o treinador.
O Brasil tem como melhores resultados no Mundial três me­dalhas de prata nas edições 1994 (Brasil), 2006 (Japão) e 2010 (Ja­pão). No último Campeonato Mundial, em 2014, na Itália, o time do treinador José Roberto Guimarães ficou com a meda­lha de bronze.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.